ARQUIDIOCESE ACOLHE IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA APARECIDA Imprimir

O dia 6 de maio entrará para a história na memória e no coração do povo de Deus da Arquidiocese de Vitória da Conquista. Neste dia feliz foi acolhida nas terras da Senhora das Vitórias, a pequenina imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida.

CHEGADA

Pouco antes das 14h, o Arcebispo Metropolitano Dom Luís Pepeu, desembarca no aeroporto da cidade de Vitória da Conquista conduzindo a mais nobre tripulante daquele voo, a imagem de Nossa Senhora Aparecida. No saguão do aeroporto centenas de fieis já aguardavam ansiosos a chegada da imagem, em clima de muita alegria, fé e emoção, com cantos e orações marianas. Quando a multidão avistou o arcebispo conduzindo a imagem foi grande a comoção, entre cantos, aplausos e vivas. O metropolita conduzia a imagem até o carro dos bombeiros para dar início a uma carreata.


Entronizada num pequeno andor, em forma de barco, sobre o carro dos bombeiros, a imagem peregrina saiu em carreata pelas principais vias da cidade conquistense, indo em direção à igreja-mãe da Arquidiocese, a Catedral Nossa Senhora das Vitórias. Fogos e animação acompanharam todo o trajeto até a chegada à Catedral, onde um outro numeroso grupo de fiéis já a aguardavam para a celebração de acolhida.

Pelas ruas da cidade

Chegando na igreja catedral

Chegando na igreja catedral


CELEBRAÇÃO DE ACOLHIDA

A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida foi conduzida na Catedral Metropolitana pelos representantes das Pastorais Sociais presentes na Arquidiocese. Foi grande a emoção também nesse momento. O Arcebispo Dom Luís Pepeu iniciou a celebração de acolhida recitando o “Regina Coeli”. Crianças, jovens, casais, assistidos pelas Pastorais Sociais também participaram do momento celebrativo que foi concluído com um Ato de entrega a Nossa Senhora Aparecida.


Concluída a celebração, a imagem foi reconduzida ao carro de bombeiros e seguiu para o Colégio Nossa Senhora de Fátima (Sacramentinas), onde caravanas das diversas paróquias da Arquidiocese a aguardavam para iniciar a grande procissão em direção ao Estádio Municipal Lomanto Júnior, local da celebração de uma Santa Missa.

A chegada da imagem no Estádio foi realizada com muito júbilo, numa emoção que contagiava a todos os presentes.


PROCISSÃO E MISSA

Às 17h deu-se início a grande procissão com a imagem peregrina da Rainha e Padroeira do Brasil, onde uma multidão incalculável de fiéis participava cantando e louvando a Deus por graça tão imensa em conceder uma Mãe do céu. Ao chegar ao Estádio Lomanto Júnior, onde centenas de fiéis já aguardavam a imagem peregrina, deu-se início a celebração. Com uma apresentação teatral, narrando a história desde quando a imagem foi encontrada até receber o título de Padroeira da nação brasileira, a pequenina imagem foi entronizada no espaço celebrativo. A multidão dos fiéis e devotos vibrava, cantando e louvando a Mãe de Deus e nossa.


Após a entronização da imagem, Dom Luís realizou o lançamento do livro: “Ano Mariano 2017”, um opúsculo sobre a peregrinação da imagem de Nossa Senhora Aparecida na Arquidiocese de Vitória da Conquista. Nele encontra-se uma vasta e rica programação a ser vivida e celebradas pelos grupos, movimentos, pastorais, comunidades e paróquias ao longo do Ano Mariano. Além de celebrações, o livro traz formação mariológica, cantos e diversas orações marianas. Concluindo o lançamento do livro, o metropolita assinou e entregou um opúsculo ao Vigário Geral e a cada um dos Vigários Regionais, a uma religiosas e um leigo, representando as forças vivas da animação pastoral arquidiocesana.


Entronização da imagem peregrina

Lançamento do livro


A Missa foi concelebrada pelos presbíteros da Arquidiocese, e contou com a participação dos Diáconos, religiosas e diversos seguimentos da Arquidiocese. Na homilia, Dom Luís Pepeu, enfatizou: “hoje nos alegramos, estamos em festa, porque a Mãe de Nosso Salvador veio nos visitar. Ela é a Mãe de Jesus e é também a nossa Mãe”, e fez um apelo dizendo “voltemos o nosso olhar para Ela, a Mãe de Jesus, para que sejamos seus discípulos missionários, seguindo seu exemplo no modo de falar e de acolher; no modo de se doar e servir”.

Incensação e Homilia

Multidão de fiéis no estádio

Antes da conclusão da celebração foi realizada uma Consagração a Nossa Senhora, momento de singular emoção e demonstração de fé, portando velas nas mãos todos rezavam, colocando sua vida sob os auspícios da Senhora de Aparecida. Concluído este momento, o Arcebispo oficializou o rito de envio da imagem peregrina à Paróquia Senhor do Bonfim e Santo Antonio em Barra do Choça, dando início a peregrinação que percorrerá, até o fim do ano, todas as demais paróquias da Arquidiocese.

Consagração a Nossa Senhora

Envio da imagem peregrina


Fé e emoção foram palavras mestras deste dia que marca a história da Arquidiocese de Vitória da Conquista. Até o clima da cidade, que se encontrava chuvoso nos últimos dias, deu lugar ao lindo sol que, brilhante, acolheu Àquela que é vestida de sol.