Home
 
Notícias


JANEIRO de 2018 Imprimir E-mail

Dia 28 – DOM LUÍS PEPEU PARTICIPA DA INSTALAÇÃO DA DIOCESE DE CRUZ DAS ALMAS E POSSE DE SEU 1º BISPO

Na manhã deste domingo, dia 28, às 10h, iniciou a Solene Celebração Eucarística com o Rito de Ereção Canônica da Diocese de Cruz das Almas, desmembrada da Arquidiocese de Salvador, e a posse de seu primeiro bispo diocesano, Dom Antonio Tourinho Neto. O Ato Litúrgico aconteceu em frente à Matriz Nossa Senhora do Bom Sucesso, que, a partir de hoje, torna-se a Catedral da nova Diocese. A Celebração Eucarística foi presidida pelo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello e concelebrada por diversos Arcebispos, Bispos e Padres. A Diocese de Cruz das Almas é composta pelos municípios de Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Cruz das Almas, Governador Mangabeira, Maragogipe, Muritiba, Santo Amaro, São Félix, Sapeaçu e Saubara, todos no Recôncavo Baiano.

 

Dia 22 – ARCEBISPO VISITA COMUNIDADE SÃO PAULO APÓSTOLO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

A Comunidade São Paulo Apóstolo, que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias, celebra seu padroeiro de 21 a 25 de janeiro, refletindo o tema: “Com São Paulo Apóstolo ‘ser sal da terra e luz do mundo’”, uma referência ao Ano do Laicato. Neste ano a Comunidade comemora 40 anos de evangelização. Esta noite, dos festejos, contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que refletiu o subtema: “Leigos, testemunhas de fé, santidade e ação transformadora”. A celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio, Ir. Cândida, da Ordem da Anunciação, além de numerosos fiéis que lotaram a capela. Na homilia o Arcebispo enfatizou que “os cristãos leigos devem ter uma consciência clara, não somente de pertencerem à Igreja, mas de serem e sentirem-se com a Igreja”. Concluiu “que o exemplo de São Paulo Apóstolo inspire a nossa caminhada e nos leve a uma verdadeira vida, proporcionando-nos uma nova conversão, assumindo o Evangelho como regra de vida”.

 

Dia 21 - NOVENA E CRISMA NA PARÓQUIA SÃO PAULO APÓSTOLO EM CAATIBA

Na noite deste domingo, dia 21, Dom Luís Pepeu, presidiu a 6ª noite da novena em preparação à festa do padroeiro da Paróquia São Paulo Apóstolo em Caatiba. Na ocasião o Arcebispo conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo de 24 crismandos entre jovens e adultos. Concelebrou a Eucaristia o Administrador Paroquial, Pe. Edilberto. A Celebração contou com a presença dos Diáconos Luciano, Nailson e Técio, das Irmãs Maria de Lourdes e Fátima, neo professas na Congregação das Sacramentinas, além de catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos. O Metropolita assegurou que “o cristão discípulo missionário enfrentará como profeta, as realidade que contradizem o Reino de Deus”, e dirigindo-se aos crismandos afirmou: “sejam membros vivos desta Igreja e, guiados pelo Espírito Santo, procurem dedicar-se aos serviço das pessoas, especialmente dos mais pobres como Cristo, que veio não para ser servido, mas para servir”. Ao término da Missa, o Metropolita parabenizou os presentes pela Novena e Festa do Padroeiro. Também saudou aos novos crismados, como novos discípulos missionários de Jesus Cristo.

 

Dia 21 – SANTA MISSA NA IGREJA CATEDRAL EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Às 8h da manhã deste domingo (21), o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Eucaristia do 3º Domingo do Tempo Comum, na Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias. A Missa foi concelebrada pelo Mons. Uilton, Pároco e Vigário Geral da Arquidiocese. A Celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio, das Monjas da Ordem da Anunciação e numerosos fiéis. Em sua homilia, refletindo sobre as leituras do dia, o Metropolita recordou que “a nossa resposta ao chamado de Deus passa por um caminho de conversão pessoal e de identificação com Jesus. O momento presente é o nosso hoje, o momento da graça e da busca dos caminhos do Senhor”. Dom Luís renovou o pedido, a toda comunidade, para rezar pelo Ano Nacional do Laicato e pelo 14º Interclesial das CEB’s, que se realiza nesta semana em Londrina, no Paraná.

 

Dia 20 – ARCEBISPO METROPOLITANO PRESIDE FESTA DE SÃO SEBASTIÃO EM ITAMBÉ

Na manhã deste dia 20 de janeiro, a comunidade paroquial de Itambé se reuniu para a Solene Liturgia em louvor a São Sebastião, padroeiro da cidade. A Santa Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, foi concelebrada por vários Religiosos: Pe. Alessandro, SDV, Pároco, Pe. José Carlos, SDV, Ministro Provincial dos Vocacionistas, Pe. Eudete, SDV, Pe. Juracy, SDV, Pe. Danilo, SDV, Pe. Mathew, SDV, e o Frei Roberto, OFMCap. A Celebração contou ainda com a presença do Diác. Nailson, de Religiosos e Religiosas e grande número de fiéis que lotaram a igreja matriz, para agradecer a Deus o testemunho de fé do glorioso mártir, São Sebastião. A Festa teve como tema central: “São Sebastião, exemplo de cristão leigo, sujeito na Igreja em saída a serviço do Reino”, uma referência ao Ano do Laicato. O Metropolita afirmou: “a Igreja é comunhão no amor, seguidora de Cristo e servidora da humanidade. Por isso a essência da Igreja é a missão, a nossa Igreja é uma Igreja missionária, já na sua essência. Igreja é a comunidade dos missionários que age na terra segundo o modelo das três pessoas divinas, que tudo fazem em vista do Reino”. Ao término da Missa, Dom Luís parabenizou os presentes pela Festa do Padroeiro e externou suas congratulações ao Religiosos Vocacionistas que com tanto zelo pastoral se dedicam a evangelização nesta cidade.

 

Dia 19 – DOM LUÍS PEPEU PRESIDE ENCERRAMENTO DO NOVENÁRIO DE SÃO SEBASTIÃO EM BELO CAMPO

A Paróquia São Sebastião, em Belo Campo, celebra seu padroeiro de 11 a 20 de janeiro. O Encerramento da Novena contou com a presidência do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. A Eucaristia foi concelebrada pelo Pároco, o Pe. Alexandre. A Celebração contou com a presença do Diác. Nailson, e de inúmeros fiéis que lotaram a área de eventos da paróquia. Dom Luís refletiu nesta última noite o subtema: “Cristãos leigos e leigas, vivendo uma espiritualidade encarnada sendo sal da terra e luz do mundo”, e assegurou que “a partir de Jesus Cristo, os cristãos leigos e leigas infundem uma inspiração de fé e de amor nos ambientes e realidade em que vivem e trabalham”. Dirigindo-se aos devotos concluiu: “Que o exemplo de São Sebastião inspire a nossa caminhada e nos leve a uma verdadeira mudança de vida, proporcionando-nos uma nova conversão, assumindo o Evangelho como regra de vida e a grande força transformadora da sociedade”.

 

Dia 18 – ARCEBISPO PRESIDE 7ª NOITE DO NOVENÁRIO DO SENHOR DO BONFIM EM PLANALTO

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na noite desta quinta-feira, dia 18, a Paróquia Senhor do Bonfim e Santa Rita, em Planalto, que celebra seu titular de 12 a 21 de janeiro, refletindo o tema central: “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade”, e tendo por lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Cf. Mt 5, 13-14), uma referência ao Ano do Laicato. O Metropolita presidiu a 7ª noite da novena, que teve como subtema: “Igreja missionária e pobre: a ação transformadora dos leigos no mundo”. Concelebrou a Eucaristia o Pároco, Pe. Mairton. A Celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio, do Frei Ícaro e de inúmeros fiéis que superlotam a igreja matriz e a praça. Em sua homilia, Dom Luís enfatizou que “a Igreja é de fato uma Comunidade Missionária, isso significa estar a serviço do Reino, em diálogo com o mundo, inculturada na realidade histórica, inserida na sociedade, encarnada na vida do povo. Um Igreja em saída entra na noite do povo, é capaz de fazer-se próxima e companheira, mãe de coração aberto, para curar feridas e aquecer o coração”. Antes da bênção, o Arcebispo externou sua alegria em participar da novena e fez votos de um abençoada Festa.

 

Dia 17 – DOM LUÍS PEPEU PRESIDE 1ª NOITE DO TRÍDUO DE SÃO SEBASTIÃO

A Comunidade São Sebastião, que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias, celebra seu padroeiro de 16 a 20 de janeiro, refletindo o tema: “São Sebastião, leigo a serviço do Reino”, uma referência ao Ano do Laicato, iniciado em todo o Brasil na Solenidade de Cristo Rei. Após uma noite de espiritualidade, a abertura dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu esta primeira noite do Tríduo, refletindo o subtema: “São Sebastião testemunha a fé de uma Igreja em saída”. O Arcebispo recordou que “São Sebastião, foi um leigo, como a maioria do Povo de Deus, e desde cedo, foi muito generoso e dado ao serviço”, acentuou que com seu testemunho levava consolo aos cristãos que estavam presos. O Metropolita ainda recordou a figura de Santo Antão, Pai da vida monacal, cuja memória é hoje celebrada. A celebração contou com a presença dos Diáconos Genildo Prates e Técio Andrade, além da Ir. Cândida, da Ordem da Anunciação, e grande número de fiéis, que superlotaram a capela, louvando a Deus pela intercessão de São Sebastião. Como gesto concreto do testemunho laical, neste Ano do Laicato, após a bênção final, foram convidados para dar testemunho de sua missão os integrantes da Pastoral Carcerária Arquidiocesana.

 

Dia 13 – ARCEBISPO DE VITÓRIA DA CONQUISTA PARTICIPA DA ORDENAÇÃO EPISCOPAL DE DOM JAILTON EM FARROUPILHA – RS

Neste sábado, 13, no Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio em Farroupilha – RS, aconteceu a Ordenação Episcopal de Dom Jailton de Oliveira Lino, PSDP, Bispo eleito da Diocese de Teixeira de Freitas e Caravelas, no sul baiano. Presidiu a Celebração Dom Itamar Vian, Arcebispo emérito da Arquidiocese de Feira de Santana. Foram coordenantes: Dom Jaime Pedro Kohl, Bispo de Osório e Dom Alessandro Ruffinoni, Bispo de Caxias do Sul. O Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, participou, juntamente com alguns outros prelados do Regional NE3 da CNBB (Bahia e Sergipe).


Dias 8 a 12 – DOM LUÍS PARTICIPA DE RETIRO ESPIRITUAL


Durante a 2ª semana de janeiro, Dom Luís Pepeu, na companhia de seis irmãos no episcopado, e com outros mais de duzentos participantes, entre padres, religiosos, seminaristas e leigos, – vivenciaram os Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola, na Vila Kostka, no bairro de Itaici, município de Indaiatuba, no estado de São Paulo.  Os Exercícios, feitos em regime fechado, no mais absoluto silêncio, foram orientados pelos Jesuítas Pe. Manuel Iglesias, SJ e Pe. Ramon Fernandes, SJ que conduziram as meditações e prestaram atendimento espiritual individual aos Senhores Bispos. Os Exercícios Espirituais são um modo de oração que ajuda a criar a proximidade e a intimidade com Deus, através do contato com a Palavra, com os outros e com a realidade.  Junto com nosso Arcebispo Metropolitano, participaram também: Dom Estevam – Bispo Auxiliar de Salvador; Dom Cabral – Bispo de Almenara; Dom Aloísio, Bispo de Sete Lagoas; Dom Geovane – Bispo Auxiliar de Belo Horizonte; Dom José Eudes, Bispo de Leopoldina; e Dom Reginaldo, Bispo de Jales.

 

Dia 6 – DOM LUÍS PEPEU PARTICIPA DA ORDENAÇÃO EPISCOPAL DE DOM VITOR

No fim da tarde deste sábado, dia 6, Vésperas da Solenidade da Epifania do Senhor, em frente a Catedral Santo Antônio em Jequié, foi sagrado bispo da Diocese de Propriá, no estado de Sergipe, o Mons. Vitor Agnaldo de Menezes. Presidiu a Celebração o Bispo Diocesano de Jequié, Dom José Ruy Gonçalves Lopes, OFMCap. Foram coordenantes: o Bispo Emérito de Jequié, Dom Cristiano Krapf e o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Gonzaga Silva Pepeu, OFMCap. A Celebração contou com a presença de outros bispos. Além de Dom Luís, participaram também do evento o Pe. Irineu e os Diáconos Luciano, Nailson e Técio, da Arquidiocese de Vitória da Conquista.


Dia 1º – PRIMEIRA MISSA DO ANO NA CATEDRAL METROPOLITANA

Hoje, primeiro dia de 2018, a Igreja celebra a Solenidade da Santa Mãe de Deus, Maria. Na Igreja Catedral de Vitória da Conquista a celebração teve lugar às 8h, presidida pelo Arcebispo Dom Luís Pepeu. A Celebração contou com a presença do Diác. Nailson, religiosas e fiéis, que participaram da primeira Missa do novo ano. Na homilia, o Metropolita enfatizou: “no Evangelho que nos é, hoje, proposto, fica claro o fio condutor da história da salvação: Deus ama-nos, quer a nossa plena felicidade e, por isso, tem um projeto de salvação para levar-nos a superar a nossa fragilidade e debilidade; e esse projeto foi-nos apresentado na pessoa, nas palavras e nos gestos de Jesus”. Dom Luís evocou as palavras do Papa Francisco, para falar do Dia Mundial da Paz: “a paz, que os anjos anunciaram aos pastores na noite de Natal é uma aspiração profunda de todas as pessoas e de todos os povos, sobretudo de quantos padecem mais duramente pela sua falta”.


À noite, Dom Luís Pepeu, presidiu a Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, na igreja matriz da Paróquia Nossa Senhora das Candeias, em Vitória da Conquista.


 
DEZEMBRO de 2017 Imprimir E-mail


Dia 31 – ARCEBISPO CELEBRA NA CATEDRAL SOLENIDADE DA SAGRADA FAMÍLIA


Na noite de hoje (31), último dia do ano civil, Dom Luís celebrou a Solenidade da Sagrada Família na Igreja Catedral. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Mons. Uilton e Pe. Antonio. Contou também com a presença do Diác. Nailson, de religiosas e fiéis que foram agradecer a Deus o ano que estava para terminar e pedir-lhe as bênçãos e a proteção divina para o ano de 2018. O Metropolita falou da importância do cuidado mútuo e do amor na família, e servindo-se dos Textos Sagrados da Liturgia deste dia assegurou a necessidade de ouvir a Palavra de Deus e a transformar em gestos, que demostrem o homem novo, nascido da fé. Concluindo a celebração eucarística, agradeceu a todos e desejou os votos de boas festas e um feliz ano novo.


Dia 30 – DOM LUÍS PRESIDE A 3ª NOITE DO DECENÁRIO EM PREPARAÇÃO A FESTA DO SENHOR DO BONFIM EM BARRA DO CHOÇA


A Paróquia Senhor do Bonfim e Santo Antônio, em Barra do Choça, celebra seu titular de 28 de dezembro a 7 de janeiro, refletindo o tema: “Origem, identidade e missão do amado Jesus, Senhor do Bonfim”. O 3º dia dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu a Eucaristia. Concelebrou o Pe. Paulo Raimundo, pároco. A Celebração contou ainda com a presença do Diác. Nailson, além de Religiosas, Seminaristas e inúmeros fiéis que lotaram a igreja matriz. Nesta noite o Metropolita refletiu o subtema: “Bem-aventurados vós os pobres, mas sim bem-aventurados nós, os pobres. O cristão leigo, enfim, trás na sua própria natureza a vocação de uma Igreja em saída, sal e luz do mundo, missionária”. Iniciando, recordou que “a Liturgia da Palavra nos ajuda a compreender o sentido desta celebração e nos encoraja a assumir o tema proposto para a festa deste ano do Senhor do Bonfim. A leitura da Carta de São João nos mostra que o objetivo do cristão é cumprir a vontade de Deus. Mas, para isso é necessário cuidar para que o amor às coisas do mundo não nos afaste do serviço ao Senhor e não nos feche à libertação que Ele nos oferece”. O Metropolita ressaltou que o “Ano do Laicato que ser grande força para que todos na Igreja sejam célula viva do corpo místico, onde Cristo é a cabeça”.


Dia 30 – ARCEBISPO CELEBRA NA CONFRATERNIZAÇÃO DE NATAL NO PRESÍDIO NILTON GONÇALVES


Com uma mensagem de esperança e fé, Dom Luís Pepeu celebrou na manhã deste sábado, dia 30, a Santa Missa no Presídio Nilton Gonçalves em Vitória da Conquista. A Celebração Eucarística, contou a presença do Assistente Eclesiástico da Pastoral Carcerária, o Diac. Genildo Prates, e outros membros da Pastoral Carcerária Arquidiocesana, que preparam com zelo este ponto alto da confraternização de Natal para os detentos. Em sua mensagem, Dom Luís enfatizou que a presença da Igreja no presídio é um momento de esperança. Pois, por meio dos agentes da Pastoral Carcerária, leva aos internos a Palavra de Deus, fortalecendo a fé, proporcionando alegria e dando conforto ao coração abatido de cada um dos que passam por um momento de dificuldade e de aflição longe de sua família e privado de sua liberdade.


Dia 25 – SOLENIDADE DO NATAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO


Na manhã desta segunda-feira (dia 25), Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo, Dom Luís Pepeu presidiu a celebração da Santa Missa da Solenidade do Natal na Igreja Catedral com a participação do Diác. Técio e a presença de religiosas e fiéis. Na homilia, fundamentando-se nas leituras próprias da Missa do dia, Dom Luís transmitiu a todos os presentes uma mensagem de fé, de esperança e de amor, recordando que, pela celebração do Natal do Senhor, somos chamados a contemplar o amor de um Deus que, além de nos oferecer a vida em plenitude, nos elevou à dignidade de “filhos de Deus”. Dom Luís concluiu a homilia, recordando as palavras do Papa Francisco: “Menino pequenino de Belém, pedimo-Vos que o vosso choro nos desperte da nossa indiferença, abra os olhos perante quem sofre. A vossa ternura desperte a nossa sensibilidade e nos faça sentir convidados a reconhecer-Vos em todos aqueles que chegam às nossas cidades, às nossas histórias, às nossas vidas. Que a vossa ternura revolucionária nos persuada a sentir-nos convidados a cuidar da esperança e da ternura do nosso povo”. Ao término da Celebração renovou as congratulações natalinas.


Dia 24 – MISSA DA VIGÍLIA DO NATAL NA CATEDRAL

 

Às 19h de hoje, 24 de dezembro, véspera do Natal do Senhor, Dom Luís Pepeu celebrou a Santa Missa da Noite na Catedral Metropolitana de Vitória da Conquista. A Missa teve como concelebrantes Dom Estevam, Bispo Auxiliar de Salvador e filho dileto desta Arquidiocese, Mons. Uilton, Pároco da Catedral, Pe. Tobias e Pe. Antonio. Também participaram da solene celebração os Diáconos Permanentes José Dias e Luciano, e o Diácono Transitório Técio. Grande era o número de fiéis que, vindos de várias partes da cidade para celebrar o nascimento do Menino Jesus, participaram da Celebração Eucarística, deixando a Igreja Catedral superlotada. Logo após o início da celebração, foi realizado o Anúncio do Natal, proclamando o nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo a carne. Na homilia, proferida por Dom Estevam, foi destacada a alegria própria deste tempo santo e a urgência de anunciá-la. Dom Estevam recordou ainda que Deus sempre nos surpreende, escolhendo manifestar-se aos pequenos e excluídos. Antes da bênção final, Dom Luís recebeu a imagem do Menino Jesus, e a entronizou no presépio. O Arcebispo renovou os votos de um feliz e santo natal a todos, recordando que o verdadeiro sentido da festa natalina é a nossa gratidão a Deus pelo amor que nos foi doado totalmente em seu Filho Jesus.

 

Dias 22 e 23 – VISITA PASTORAL NA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA EM RIBEIRÃO DO LARGO

No fim da manhã desta sexta-feira, dia 22, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, acompanhado pelos Diáconos Nailson e Técio, foi acolhido na igreja matriz da Paróquia São João Batista em Ribeirão do Largo pelo Frei Orlando e um grupo de fiéis. Após breve momento de oração na Capela do Santíssimo Sacramento, o arcebispo seguiu para o presbitério, onde o Administrador Paroquial, dirigiu uma afetuosa palavra de acolhida ao Sr. Arcebispo. Dom Luís saudou o Frei Orlando e acolheu os membros e representantes dos Movimentos ali reunidos recordando a importância e o significado da Visita Pastoral. O Metropolita finalizou a abertura oficial da Visita Pastoral, invocando as bênçãos de Deus sobre os presentes. E seguiu com um encontro com o Conselho Econômico Paroquial – CEP.


Na tarde desta sexta-feira foram visitadas as comunidades:

Comunidade Santo Antônio em Boa Vista do Tapera, e


Comunidade São Pedro em Mumbuca.


Passando pela cidade, o Arcebispo visitou alguns enfermos e seguiu para a Comunidade São Tiago, na região dos Tiagos.


À noite, na igreja matriz, Dom Luís presidiu a Santa Missa, concelebrada pelo Administrador Paroquial, Frei Orlando, e que contou com a presença dos Diáconos Nailson, Técio e Luciano.


Após a Santa Missa, foi realizado um encontro com as lideranças dos diversos seguimentos paroquiais e das comunidades, assim divididos:

O encontro com Conselho Econômico Paroquial
com Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano;


O encontro com os jovens orientado pelo Diác. Nailson Gonçalves;


O encontro dos catequistas com Elielma França,
Coordenadora Arquidiocesana da Catequese;


E o encontro com as lideranças de comunidades e movimentos
com o Diác. Luciano Santana, Coordenador Arquidiocesano de Pastoral.


 

Na manhã o sábado, dia 23, Dom Luís visitou um dos cemitérios da cidade, e seguiu para visita às Comunidades localizadas no distrito de Vila do Café:


Comunidade Nossa Senhora Aparecida;


Comunidade São José; e


Comunidade Bom Jesus, onde presidiu a Eucaristia.


Visitou ainda uma das fundadoras da comunidade.


No período da tarde, prosseguiu com as visitas às Comunidades:

Sagrado Coração de Jesus na região do Cedro;


Santa Luzia na Prata; e


São Miguel no Assentamento Boa Sorte.


No fim da tarde o Metropolita chegou ao Distrito de Nova Brasília, onde presidiu a Santa Missa de Encerramento da Visita Pastoral e conferiu o Sacramento da Confirmação a um grupo de 23 jovens e adultos.


 

Dia 17 – DOM LUÍS PEPEU PARTICIPA DA ORDENAÇÃO EPISCOPAL DE DOM ALDEMIRO


Na manhã desde domingo, dia 17, na Catedral de São Sebastião em Ilhéus, foi sagrado bispo da Diocese de Guarabira, no estado da Paraíba, o Mons. Aldemiro Sena dos Santos. Presidiu a Celebração o Bispo Diocesano de Ilhéus, Dom Mauro Montagnoli, CSS. Foram coordenantes: o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Gonzaga Silva Pepeu, OFMCap. e Dom Manoel Delson Pedreira Cruz, OFMCap, Arcebispo Metropolitano da Paraíba, Regional NE II da CNBB. A Celebração contou com a presença de outros bispos. Acompanharam Dom Luís o Vigário Geral, Mons. Uilton, o Pe. Ariosvaldo, representante do clero junto ao Conselho dos Presbíteros do NE3 e o Diác. Técio.


Dia 15 – ECC COMEMORA 15 ANOS NA ARQUIDIOCESE DE VITÓRIA DA CONQUISTA

Na noite desta sexta-feira (15), Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, presidiu Santa Missa em ação de graças pelos 15 anos do Encontro de Casais com Cristo – ECC na Arquidiocese Vitória da Conquista. A Celebração aconteceu na igreja matriz da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa. Foi concelebrada pelo Frei Aroldo (Diretor Espiritual Arquidiocesano), Pe. Gerson (Diretor Espiritual da 2ª Etapa do ECC), Pe. Valmir e Pe. Mairton. A Santa Missa contou com a presença do Diác. Nailson, além de inúmeros casais e participantes do ECC, oriundos das diversas Paróquias, onde a experiência já foi implantada. Na homilia, o Metropolita, recordou que “as leituras proclamadas sugerem que sejamos capazes de reconhecer e aceitar a presença e a ação do Espírito de Deus através de tantas pessoas, de tantos casais que se manifestam como sinais vivos do amor de Deus no meio do mundo. Ser cristão consiste realmente nisto, seguir Jesus nas diferentes situações da vida”.

 

Dia 14 – DOM LUÍS PEPEU CELEBRA SANTA MISSA NA IGREJA CATEDRAL


Na manhã desta quinta-feira, dia 14, às 7:30h, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Santa Missa na Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias. A celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio, e dos fiéis que acorreram para celebrar este dia especial de Devoção Eucarística. O Metropolita em sua homilia, recordou a importância do tempo do Advento e a pessoa de São João da Cruz, cuja memória hoje é celebrada. Ao final da Celebração, os membros do Movimento Mãe Rainha renovaram a aliança de amor. Após a bênção iniciou-se a Adoração ao Santíssimo Sacramento, que continua durante todo o dia.


Dia 12 – ARCEBISPO PRESIDE TRÍDUO DE SANTA LUZIA EM VITÓRIA DA CONQUISTA


A Comunidade Santa Luzia e Santo Antonio, no bairro Guarani, que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias, celebra sua padroeira de 11 a 13 de dezembro, refletindo o tema: “A exemplo de Santa Luzia, esperai e preparai-nos para a vinda de Jesus”. O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, refletiu nesta segunda noite o subtema: “Com Maria, anunciai a vinda do Cristo pela ação do Espírito Santo”, uma referência à Festa de Nossa Senhora de Guadalupe, celebrada neste dia 12. A celebração contou com a presença do Diác. Nailson. O Arcebispo na homilia, refletiu o tema da noite em consonância com o Tempo do Advento e a Festa do dia, e recordando as palavra de São João Paulo II assegurou: “Maria Santíssima, a Virgem do Advento, a Estrela da nova evangelização vos guie e vos assista. Sede dóceis como ela à Palavra divina e o seu Magnificat vos estimule ao louvor e à coragem profética. Dessa forma, também graças a vós, realizar-se-ão as palavras do Evangelho: todos os homens verão a salvação de Deus!”.


Dia 10 – ENCERRAMENTO DO ANO MARIANO ARQUIDIOCESANO

Na tarde deste domingo, dia 10, uma Celebração Eucarística marcou a conclusão do Ano Mariano Arquidiocesano. Muitos fiéis acorreram ao Ginásio de Esportes de Vitória da Conquista, para participarem da Santa Missa, agradecendo a Deus o grande dom, que foi a peregrinação da réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida durante o Ano Mariano na Arquidiocese. A Eucaristia foi concelebrada por padres diocesanos e religiosos, participaram também diáconos, religiosas e representações da forças vivas desta Igreja Particular. Antes de iniciar a Santa Missa, o Pe. Antonio Gonçalves, fez uma memória de como foi a peregrinação da imagem de Nossa Senhora em todo território arquidiocesano. Com uma apresentação teatral, realizada por um grupo de jovens, a pequena imagem foi introduzida no espaço celebrativo. Emoção é a palavra que define esse momento, que na singeleza e ternura, próprias da Mãe Aparecida, impulsionavam palmas àquela que visitou os recantos da Arquidiocese. Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, acolheu a todos os presentes e os introduziu no mistério celebrado neste dia especial. Em sua homilia, o Metropolita, recordou a grandeza e singularidade da visita da Mãe Aparecida aos diversos lugares por onde peregrinou, e afirmou: “a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora demonstra que ela é, de fato, a Mãe que vem ao encontro de seus filhos que sofrem, para lhes confortar e animar, recordando que Deus nunca os abandona”. Ao fim da Celebração houve a emocionante Consagração a Nossa Senhora, e após receber a bênção deu-se início a procissão, que conduzia a pequenina imagem à igreja catedral, onde foi entronizada.

Acolhida da imagem peregrina no Ginásio

Santa Missa

Consagração


A procissão foi uma linda demonstração da devoção do Povo de Deus à Mãe de Jesus. Entre cantos, vivas e orações, os fiéis louvavam a Deus por tanta ternura, ter concedido sua Mãe para ser a nossa mãe. Ao chegar em frente à catedral metropolitana, um pequeno rito marcou a conclusão das festividades. Foram abençoados um novo manto e uma nova coroa. Enquanto era cantada devotamente a Ladainha de Nossa Senhora, o Arcebispo, revestiu a pequenina imagem, lhe impôs a coroa real e a incensou. Seguiu a este momento, a entronização da imagem na igreja catedral, introduzindo-a num nincho, réplica daquele do Santuário Nacional, onde ela ficará permanentemente. E para marcar esse momento foi realizado o descerramento de uma placa comemorativa. Concluindo este dia festivo e chegando a hora da Ave-Maria, 6h da tarde, Dom Luís recitou o “Angelus”.

Procissão

Rito de Coroação


Entronização na Catedral

Entronização no nincho

Fotos: Gabriel Dias, Ailton Fernandes e Ivana Matos.


Dia 09 – ARCEBISPO CELEBRA CRISMA EM BELO CAMPO

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na noite deste sábado a Paróquia São Sebastião, em Belo Campo. Na ocasião conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo de mais de 140 crismandos entre adolescentes, jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco e Vigário do Vicariato São Mateus, Pe. Alexandre e por seu antecessor na paróquia, o Pe. Ramos. A celebração contou com a presença do Diác. Técio além dos catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos, que lotaram a área de eventos da Paróquia. Tomando o relato joanino (Jo 14,23-26) o Metropolita afirmou: “Por maiores que sejam as nossas limitações, nós, os homens, podemos olhar com confiança para os céus e sentir-nos cheios de alegria: Deus nos ama e nos livra dos nossos pecados. A presença e a ação do Espírito Santo na Igreja são o penhor e a antecipação da felicidade eterna, dessa alegria e dessa paz que Deus nos prepara.”


Dia 08 – DOM LUÍS PEPEU PRESIDE SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO NA IGREJA CATEDRAL

Na noite desta sexta-feira, dia 8, às 18:30h, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Santa Missa da Solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora na Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias. Na oportunidade celebrou os 35 anos de sua Ordenação Presbiteral. A celebração contou com a presença do Diác. Nailson, da Ir. Cândida e de fiéis que acorreram para celebrar a Mãe de Deus. O Metropolita em sua homilia, recordando o Papa Francisco, afirmou: “Maria é repleta da presença de Deus. E se é totalmente habitada por Deus, nela não há lugar para o pecado. É uma coisa extraordinária, porque tudo no mundo, infelizmente, é contaminado pelo mal. Cada um de nós, olhando-se dentro, vê lados obscuros. Também os maiores santos eram pecadores e todas as realidades, até mesmo as mais belas, são atingidas pelo mal: todas, exceto Maria”. Ao fim da celebração foram manifestadas congratulações a Dom Luís por mais um ano de seu sacerdócio.


Dia 07 – ARCEBISPO PRESIDE NOVENA DA IMACULADA CONCEIÇÃO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

A Comunidade Nossa Senhora Imaculada Conceição, no bairro Guarani, que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias, celebra sua padroeira de 28 de novembro a 8 de dezembro, refletindo o tema: “Tempo favorável para contemplar Maria, como modelo de fé e seguimento do Cristo”, uma referência ao Ano Mariano Nacional e Arquidiocesano. O encerramento do novenário contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu esta última noite da novena em preparação à Festa, refletindo o subtema: “Bem aventurada Virgem Maria do Cenáculo”. Acompanhou o Metropolita a Ir. Cândida da Ordem da Anunciação. O Arcebispo assegurou: “este novenário que hoje encerramos em preparação à festa da padroeira constitui um tempo muito propício para nossa interiorização, diríamos tempo oportuno para reavivarmos nossa devoção a Maria e crescermos na fé em seu Filho Jesus. Ao término da celebração os fiéis reunidos se uniram a tantos outros vindos de outras comunidades em procissão e caminharam até à Capela São Paulo Apóstolo, conduzindo a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que nesses dias percorre a área da Paróquia da Catedral.

 

Dia 6 – MISSA MARCA A ABERTURA DA PASTORAL DE FÉRIAS DOS SEMINARISTAS

Na manhã deste dia 6, quarta-feira, na Capela do Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora das Vitórias foi celebrada a Santa Missa que marcou o início da Pastoral de Férias dos seminaristas. A Celebração foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu e foi concelebrada pelo reitores: Pe. Nilson, Teologia, Pe. Irineu, Filosofia e Pe. Frenilson, Propedêutico. A Celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio. A “Pastoral de Férias” dos seminaristas da Arquidiocese de Vitória da Conquista tem por objetivos: Levar os candidatos ao conhecimento da área geográfica e pastoral da arquidiocese; oportunizar sua convivência com os párocos; e favorecer a integração entre os próprios seminaristas dos cursos de teologia, filosofia, propedêutico. Além desses objetos, consta também as visita às famílias e acompanhamento aos grupos que celebram a Novena de Natal. Neste ano as paróquias contempladas com a Pastoral de Férias foram: Paróquia São Paulo Apóstolo, em Caatiba, e Paróquia São João Batista, em Ribeirão do Largo, ambas no Vicariato São João.


Dia 5 – NOVENA NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE GUADALUPE EM VITÓRIA DA CONQUISTA


Na noite desta terça-feira (5) Dom Luís Pepeu, presidiu a 3ª noite da novena em preparação à festa da padroeira da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe em Vitória da Conquista. Este ano a festa tem como tema: “Com a Mãe de Guadalupe, Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade”, uma referência ao Ano do Laicato, iniciado no último dia 26, Solenidade de Cristo Rei. Nesta noite foi meditado o sub-tema: “O cristão leigo como Sujeito Eclesial”. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Bebeto. A Celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio. O Metropolita recordou que “o Ano do Laicato deseja levar os cristãos leigos e leigas à descoberta da sua vocação e missão na Igreja e na Sociedade”.  Dom Luís ainda destacou os diversos espaços onde os leigos exercem sua missão: a família; a paróquia e as comunidades eclesiais; os conselhos pastorais e econômicos; as assembleias. Antes da bênção final o Arcebispo manifestou suas congratulações ao Pároco e a toda a comunidade pela novena e festa da padroeira.

 

Dia 5 – REUNIÃO DO CONSELHO DE FORMAÇÃO


Na manhã desta terça, dia 5, Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, se reuniu na residência episcopal com os membros do Conselho de Formação: Mons. Uilton, Vigário Geral; Pe. Nilson, Reitor da Teologia; Pe. Irineu, Reitor da Filosofia; Pe. Frenilson, Reitor do Propedêutico; Pe. Zenilton, Diretor do Instituto; Pe. Gerson, Diretor Espiritual. Também participou da reunião o Pe. Noel. Dentre outros assuntos, foi feita uma avaliação de cada etapa da formação neste ano de 2017. Três seminaristas maiores concluíram o Curso de Teologia em Belo Horizonte, e retornam à Arquidiocese de Vitória da Conquista. Três candidatos concluíram o Ano Propedêutico e iniciarão a Filosofia em Conquista. Dois seminaristas concluíram o Curso de Filosofia e passarão a frequentar o Curso de Teologia em Salvador. Três candidatos do pré-propedêutico serão admitidos para o Ano Propedêutico em Itapetinga. Portanto, serão 20 o número de seminaristas da Arquidiocese em 2018. Houve mudanças no quadro dos reitores. Pe. Noel assumirá a Casa de Formação em Belo Horizonte; Pe. Nilson será o novo reitor do Seminário Maior em Vitória da Conquista; e o Pe. Frenilson continuará com o Propedêutico.


Dia 4 – ABERTURA DA FESTA DE SANTA LUZIA EM VITÓRIA DA CONQUISTA


A Paróquia Santa Luzia, em Vitória da Conquista, sob os cuidados Pastorais dos Padres Estigmatinos, iniciou os festejos de sua padroeira. A abertura contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. Este ano a festa tem como tema: “Com Santa Luzia queremos ser povo de Deus: Sal da terra e luz no mundo”, uma referência ao Ano do Laicato, iniciado no último dia 26. Nesta primeira noite foi meditado o sub-tema: “O mistério Eucarístico e o compromisso social do cristão leigo”. A Santa Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Reinaldo Reis, CSS, Pe. João Batista, CSS, formador, e Pe. Graciomar, CSS. A celebração contou com a presença do Diác. Nailson, do Ir. Antonio, CSS, além de inúmeros fiéis que lotam a igreja matriz. Na homilia, o Metropolita recordando o ensinamento do Papa Emérito Bento XVI afirmou: “O sacramento da Eucaristia tem um caráter social. A união com Cristo é ao mesmo tempo união com todos os outros a quem ele se entrega. Eu não posso ter Cristo só para mim. É necessário explicitar a relação entre o mistério eucarístico e o compromisso social abrindo-nos ao diálogo e ao compromisso em prol da justiça, à vontade de transformar também as estruturas injustas. A Igreja não deve ficar à margem da luta pela justiça”.

 

.

 
NOVEMBRO de 2017 Imprimir E-mail

Dia 29 – ABERTURA DA NOVENA E CRISMA NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA IMACULADA CONCEIÇÃO EM NOVA CANAÃ


A Paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição, em Nova Canaã, celebra sua padroeira de 27 novembro a 08 de dezembro. O 1º dia da novena contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que na ocasião conferiu o Sacramento da Confirmação a um grupo de 60 jovens e adultos. Este ano a festa tem como tema: “Sujeito eclesial, discípulos missionários e cidadãos do mundo. Vós sois o sal da terra, vós sois a luz do mundo”, uma referência ao Ano do Laicato, iniciado no último dia 26, Solenidade de Cristo Rei. Nesta noite foi meditado o sub-tema: “Igreja comunhão na adversidade, favorecendo o amadurecimento do cristão”. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Geneildo. A Celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio, além de catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos e representações das Comunidades Rurais. O Metropolita recordou que “o Ano do Laicato deseja levar os cristãos leigos e leigas à descoberta da sua vocação e missão na Igreja e na Sociedade”. Por fim, dirigindo-se aos crismandos afirmou: “a Crisma é o sacramento do cristão adulto na fé em Cristo. Por isso, o crismado é chamado a realizar, na comunidade, os serviços em favor dos irmãos e irmãos, em vista da construção do Reino de Deus”. Ao término da Celebração, Dom Luís manifestou suas congratulações ao Pe. Geneildo e a toda a comunidade pela novena e festa da padroeira.


Dia 28 – CRISMA EM ANAGÉ


O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na noite desta terça-feira, a Paróquia São João Batista em Anagé. Na ocasião conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo de mais de 80 crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Luiz Cláudio, pelo Vigário Paroquial, Pe. Nilo Vicente e pelo Frei Orlando. A celebração contou com a presença dos Diáconos Genildo e Nailson, catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos. Tomando os Textos Bíblicos próprios para o Sacramento da Confirmação, inspirado pelo relato do profeta Isaías, o Metropolita dirigindo-se aos crismandos afirmou: “cada um é chamado a ser testemunha de Deus e sinal vivo do seu amor, da sua justiça e da sua paz”. E assegurou ainda: “já tendo sido batizados, os crismandos, irão receber a força do Espírito”. Também recordou as palavras do Apóstolo Paulo: “difundir, por toda a parte, o bom odor de Cristo”. Dom Luís concluiu falando sobre o discernimento vocacional.

 

Dia 27 – DOM LUÍS PRESIDE MISSA PELO 12º ANIVERSÁRIO DA DEDICAÇÃO DA CAPELA DO SEMINÁRIO MAIOR

No início da noite desta segunda-feira, dia 27, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Santa Missa na Capela do Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora das Vitórias, em Ação de Graças pelo 12º aniversário de sua Dedicação. A Celebração foi concelebrada pelo Reitor, Pe. Irineu, e contou com a presença do Diác. Técio, Ir. Cândida e algumas mães dos seminaristas. Dom Luís recordou na homilia que, ao festejar a dedicação de um templo consagrado a Deus, busca-se valorizar o espaço como totalmente entregue aos Ritos Sagrados, e ajudar os fiéis a tomarem consciência de que também ele são templos de Deus e que devem cuidar da vida como sagrada, bem como o cuidado com a vida do próximo.

 

Dia 26 – ARCEBISPO PRESIDE ENCERRAMENTO DA ASSEMBLEIA ARQUIDIOCESANA DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO

Aconteceu entre os dias 25 e 26, a Assembleia Arquidiocesana do Apostolado da Oração no Centro de Eventos da Paróquia Rainha da Paz, em Vitória da Conquista. Este ano a Assembleia teve por tema: “Discípulos Missionários de Jesus a exemplo de Maria”. O evento acolheu mais de 300 participantes provindos dos diversos grupos presentes na Arquidiocese de Vitória da Conquista, e contou com a assessoria do Pe. Eliomar Ribeiro, Diretor Nacional do Apostolado da Oração. A Assembleia contou  momentos de orações e palestras e foi encerrada com a Santa Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. Concelebraram a Eucaristia, Mons. Uilton, Vigário Geral, Pe. Eliomar (Diretor Espiritual Nacional) e Pe. Mairton (Diretor Espiritual Arquidiocesano). Também participaram, os Diáconos Nailson e Técio. Na homilia, Dom Luís recordou o “Dia do Leigo” e a abertura do “Ano do Laicato”, neste dia da Solenidade de Cristo Rei, e como os membros do Apostolado da Oração assumem sua missão de leigos na Igreja e Sociedade, especialmente por meio da intercessão e do oferecimento cotidiano de si mesmos, que fazem em favor de toda a Igreja e da salvação do mundo.


DIA 26 – LANÇAMENTO DO ANO DO LAICATO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

A Igreja no Brasil inicia hoje, dia 26 de novembro de 2017, Solenidade de Cristo Rei, até 25 de novembro de 2018, o “Ano do Laicato”. O tema escolhido para animar a mística do Ano do Laicato é: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino”, e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”, Mt 5,13-14. Na Arquidiocese de Vitória da Conquista o “Ano do Laicato” foi solenemente inaugurado na Celebração Eucarística das 8h na Catedral Metropolitano Nossa Senhora das Vitórias, pelo Metropolita, Dom Luís Pepeu. O Arcebispo fez a abertura oficial deste singular momento na Santa Missa da Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo. O objetivo geral é: “Como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade”.


Dia 26 – DOM LUÍS PRESIDE SOLENIDADE DE CRISTO REI E ADMINISTRA SACRAMENTO DA CRISMA NA IGREJA CATEDRAL

Na manhã deste domingo (26), às 8h, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo na Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias, que estava repleta de fiéis. A Santa Missa foi concelebrada pelo Pároco e Vigário Geral, Mons. Uilton, Pe. Antonio Gonçalves, colaborador na referida Igreja, Pe. Nilo Vicente, Vigário Paroquial em Anagé e pelo Pe. Gildeir. Na oportunidade conferiu o Sacramento da Confirmação a um grupo de 60 jovens e alguns adultos. A celebração contou também com a presença de catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos. Em sua homilia, o Metropolita assegurou que “os fiéis são chamados por Deus para contribuir, como fermento, para a santificação do mundo, no exercício das suas tarefas, guiados pelo espírito evangélico, e assim manifestam Cristo aos que com eles convivem, principalmente com o testemunho da sua vida e com o fulgor da sua fé, esperança e caridade”.


Dia 25 – ARCEBISPO PRESIDE FESTA EM HONRA AO CRISTO LIBERTADOR NO POVOADO DO CAPINAL

A Comunidade Cristo Libertador, no Povoado do Capinal da cidade de Vitória da Conquista, que integra a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, celebrou seu titular de 22 a 25 de novembro, refletindo o tema: “Leigos e leigas, sal, luz e fermento na Igreja e na sociedade”, uma referência ao Ano do Laicato que será iniciado no próximo domingo, dia 26. O encerramento dos festejos contou com a presença de Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano. Acompanhou o Metropolita o Diác. Nailson Gonçalves. Em sua homilia, Dom Luís assegurou: “se a missão dos leigos na Igreja é indispensável, o mesmo vale para a sua missão no mundo” e, recordando o Concílio Vaticano II, enfatizou: “A vocação própria dos leigos é administrar e ordenar as coisas temporais, em busca do Reino de Deus. Vivem, pois, no mundo, isto é, em todas as profissões e trabalhos, nas condições comuns da vida familiar e social, que constituem a trama da existência. São aí chamados por Deus, como leigos, a viver segundo o espírito do Evangelho, como fermento de santificação no seio do mundo, brilhando em sua própria vida pelo testemunho da fé, da esperança e do amor, de maneira a manifestar Cristo a todos os homens”. O Arcebispo transmitiu a saudação do Pároco, Pe. Bebeto, que se encontra hospitalizado, mas aguardando alta.


Dia 24 – DOM LUÍS PEPEU PRESIDE ENCERRAMENTO DO TRÍDUO DE CRISTO REDENTOR

A Comunidade Cristo Redentor, que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias, celebra seu titular de 22 a 25 de novembro, refletindo o tema: “Viver e Celebrar a Fé no Redentor, conduzidos pela Mãe Aparecida”, uma referência ao Jubileu dos 300 anos da aparição da pequena imagem de Nossa Senhora Aparecida. Com estes festejos dá-se início ao ano jubilar da criação da comunidade, que no próximo ano completará 50 anos de caminhada eclesial. O encerramento do Tríduo contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, refletindo o subtema: “A partir da comunidade, viver a solidariedade, a fraternidade e a comunhão”. O Arcebispo recordou que “as comunidades cristãs são comprometidas com a fé e ligadas pelos laços de fraternidade. Viver em comunidade, nesta perspectiva, é lutar pela paz e pela justiça no mundo”. A Celebração contou com a presença de outras Comunidades visitantes, bem como a presença das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora das Dores e a Ir. Cândida, da Ordem da Anunciação, o Diác. Técio e um grande número que com entusiasmo louvavam a Cristo Redentor.

 

Dia 23 –ABERTURA DA NOVENA E CRISMA NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM VITÓRIA DA CONQUISTA

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na noite desta quinta-feira, dia 23, a Paróquia Nossa Senhora das Graças em Vitória da Conquista. Na ocasião presidiu a abertura da novena da padroeira e conferiu o Sacramento da Confirmação a um grupo de 50 jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Gerson, e pelo Pe. Joselito. A Celebração contou com a presença do Diácono Nailson, além de catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos. Este ano a festa tem como tema: “Eis-me aqui, Senhor”, e o tema sugerido para este dia: “Bem-aventurada Virgem Maria, repleta do Espírito Santo”. O Metropolita recordou que “o Sim de Maria é a porta pela qual Deus entra na nossa história assumindo a natureza humana” e encorajou os fiéis para que o “novenário e a festa de Nossa Senhora das Graças sejam um verdadeiro momento de graça e de renovação espiritual para esta comunidade paroquial, em que a fé de Maria nos preceda e acompanhe como farol luminoso e como modelo de maturidade cristã”. Por fim, dirigindo-se aos crismandos afirmou: “a Crisma é o sacramento do cristão adulto na fé em Cristo. Por isso, o crismado é chamado a realizar, na comunidade, os serviços em favor dos irmãos e irmãos, em vista da construção do Reino de Deus”.

 

Dia 22 – DOM LUÍS PRESIDE EM DECENÁRIO NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM CÂNDIDO SALES

Na noite desta quarta-feira, dia 22, Dom Luís Pepeu, presidiu a 6ª noite da decenário em preparação à festa da padroeira da Paróquia Nossa Senhora das Graças em Cândido Sales. A Eucaristia foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Josué Vieira, e pelo Pe. Robinson Martins. Acompanharam o Arcebispo os Diáconos Nailson Gonçalves e Técio Andrade. Este ano a festa tem como tema: “Maria, Mãe e modelo da Igreja, ajudai-nos a viver o nosso sim neste ano a ti dedicado”, uma referência ao Ano Mariano Nacional e Arquidiocesano. Neste sexto dia foi meditado o sub-tema: “É preciso agir com liberdade”. O Metropolita afirmou na homilia: que “Maria, foi aquela que, com toda a liberdade deu o ‘Sim’ definitivo ao chamado de Deus”; assegurou ainda que Maria “colocou-se totalmente à disposição do projeto salvífico de Deus em favor dos homens, abriu-Lhe as portas do seu coração e do seu seio, tornando-se morada do Altíssimo. O Sim de Maria é a porta pela qual Deus entra na nossa história assumindo a natureza humana”.  Ao término da Missa, o Arcebispo parabenizou os presentes pela preparação e Festa da Padroeira, além da ampliação da igreja matriz.


Dia 21 – DOM LUÍS PARTICIPA DE EVENTO DO CONSELHO DA COMUNIDADE PARA ASSUNTOS PENAIS EM VITÓRIA DA CONQUISTA

No fim da tarde desta terça-feira, dia 21, no Salão do Júri no Fórum João Mangabeira, em Vitória da Conquista aconteceu a Reunião extraordinária do Conselho da Comunidade para Assuntos Penais da Comarca de Vitória da Conquista. O evento contou com a participação de autoridades do Poder Judiciário da cidade e do estado, do Poder Legislativo, do presídio, da OAB, além de diversos representantes da sociedade civil. Participaram também da reunião o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, o Diác. Genildo Galdino, assistente eclesiástico da Pastoral Carcerária Arquidiocesana, e vários integrantes da Pastoral. Durante o evento aconteceu a entrega de Diplomas de Honra ao Mérito a alguns membros, colaboradores e amigos da instituição, entre eles Dom Luís Pepeu. Houve ainda, um ciclo de palestras sobre “a situação carcerária em Vitória da Conquista – BA”. Ao Arcebispo coube o tema: “Contribuição da Pastoral Carcerária”. Após saudar os presentes, o Metropolita fez um breve resgate histórico da Pastoral Carcerária, que tem sua origem na missão de Jesus, que convidou os seus seguidores a visitarem os presos. Na Arquidiocese de Vitória da Conquista, a Pastoral atua há mais de 40 anos. Tem por missão a visita às pessoas privadas de liberdade, buscando sobretudo escutá-las, manifestando-lhes solidariedade, defendendo os direitos dos encarcerados, denunciando as condições desumanas dos encarcerados, quando necessário. A Pastoral Carcerária não é um serviço de assistência social da Igreja, mas é sobretudo a pastoral da “escuta”, concluiu o Arcebispo.


Dia 21 – ENCONTRO DOS NOVOS PADRES COM O ARCEBISPO

Na manhã de hoje, Dom Luís Pepeu reuniu-se com os Padres mais novos, em ordenação, da Arquidiocese de Vitória da Conquista. Momentos de estudo, partilha e oração marcaram o encontro. Participaram do mesmo os presbíteros: Pe. Antonio Gonçalves, Pe. Ariosvaldo, Pe. André, Pe. Geneildo, Pe. Frenilson, Pe. Lenito, Pe. Luiz Cláudio, Pe. Noel e Pe. Mairton. O encontro foi realizado na residência episcopal, e faz parte da formação permanente do Clero. O Arcebispo meditou com os padres uma mensagem do Papa Francisco aos novos sacerdotes: “Não ‘senhores’ mas pastores do Povo de Deus”, em que afirma: “o Senhor Jesus, que dentre os discípulos quis escolher alguns para que exercendo na Igreja o serviço sacerdotal, continuem a sua missão como mestres, sacerdote e pastor. E foram eleitos, portanto, pelo Senhor Jesus não para fazer carreira mas para fazer este serviço”.

 

Dia 19 – CRISMA NA PARÓQUIA SANTA LUZIA

Dom Luís Pepeu presidiu na noite deste domingo, dia 19, a Santa Missa na igreja matriz da Paróquia Santa Luzia, em Vitória da Conquista. Na ocasião conferiu o Sacramento da Confirmação a um grupo de mais de 100 crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Reinaldo Reis, CSS. A celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio, além de inúmeros catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos que lotaram a igreja matriz. O Metropolita iniciou a homilia recordando a 1ª Jornada Mundial dos Pobres, instituída pelo Papa Francisco. Dirigindo-se aos crismandos afirmou: “a Crisma é o sacramento do cristão adulto na fé em Cristo. Por isso, o crismado é chamado a realizar, na comunidade, os serviços em favor dos irmãos e irmãos, em vista da construção do Reino de Deus”. Antes da bênção final, Dom Luís convidou os jovens a fazerem o discernimento vocacional, recordando as três grandes vocações: a vida matrimonial, religiosa e sacerdotal.

 

Dia 19 – V CONGRESSO ARQUIDIOCESANO DE COROINHAS

Aconteceu neste domingo, dia 19, o V Congresso Arquidiocesano de Coroinhas no Colégio Paulo VI, em Vitória da Conquista. Este ano o Congresso teve por tema: “Em tudo amar e servir: Unidos a Maria, renovemos o nosso SIM!”. O evento acolheu mais de 700 coroinhas provindos dos quatros Vicariatos da Arquidiocese de Vitória da Conquista. A programação contou com momentos de oração, oficinas, recitação do Terço. O congresso foi encerrado com a Santa Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, na igreja matriz da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa. A Celebração contou ainda com a presença do Frei Gilson, pároco, do Mons. Uilton, Vigário Geral, e do Diácono Técio, além dos coordenadores, de vários fiéis e colaboradores. Na homilia, o Arcebispo destacou a importância dos coroinhas, como colaboradores diretos da missão pastoral do clero, em especial no serviço ao altar. Dom Luís afirmou que “ser coroinha não é privilégio; é um serviço, um ministério! Por isso, são necessárias algumas atitudes da parte dos coroinhas: espírito de disponibilidade; espírito sensível; espírito de equipe; espírito de fé”. O Metropolita enfatizou que “no grupo de coroinhas não deve haver competição, mas ajuda mútua, companheirismo e amizade”.

 

Dia 18 – CRISMA EM CANDEIAS

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na noite deste sábado a Paróquia Nossa Senhora das Candeias em Vitória da Conquista. Na ocasião conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo de cerca de 60 crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco Pe. Alessandro. A celebração contou com a presença dos Diáconos Luciano e Nailson, catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos. Na homilia, o Metropolita recordou a singularidade desse sacramento, que “completa a obra iniciada no Batismo” e motivou os presentes a confiarem-se a Maria Santíssima.

 

Dia 17 – ABERTURA DA FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS EM VITÓRIA DA CONQUISTA

A Comunidade Sagrado Coração de Jesus na Urbis II, que faz parte da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa, em Vitória da Conquista, sob os cuidados Pastorais dos Frades Capuchinhos, iniciou os festejos de seu titular. A abertura contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. Este ano a festa tem como tema: “Como filhos de Maria, vivamos as promessas do Sagrado Coração de Jesus”, uma referência ao Ano Mariano Nacional e Arquidiocesano. Nesta primeira noite foi meditado o sub-tema: “A todos os que comunguem, nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna”, a última, das doze promessas do Sagrado Coração de Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque. A celebração contou com a presença do Diácono Permanente Ivanderlei.


Dia 16 – ARCEBISPO PRESIDE MISSA NA COMUNIDADE NOSSA SENHORA DE LOURDES

Dom Luís Pepeu visitou na noite desta quinta-feira a Comunidade Nossa Senhora de Lourdes, que integra a Paróquia Nossa Senhora das Vitórias (Catedral). A celebração contou com a presença dos Diáconos Transitórios Nailson e Técio. Servindo-se das memórias celebradas neste dia, Santa Margarida da Escócia e Santa Gertrudes, o Arcebispo recordou que em seus estados de vida, matrimônio e vida religiosa, cada uma vivenciou a santidade. O Metropolita ainda fez memória da vida de abnegação vivida pelas santas. Dom Luís rezou também pelo 6º ano do falecimento de Pe. Marcelo Amorim, do clero arquidiocesano.


Dia 14 – DOM LUÍS CELEBRA NA COMUNIDADE SÃO SEBASTIÃO

Vivenciando o Tempo Comum, Dom Luís Pepeu, na noite desta terça-feira, dia 14, celebrou Santa Missa na Comunidade São Sebastião da Paróquia Nossa Senhora das Vitórias (Catedral). Acompanharam o arcebispo os Diáconos Transitórios Nailson e Técio. Na homilia, o arcebispo destacou a importância de alimentar a fé, com a Palavra de Deus. Servindo-se do evangelho do dia (Lc 17,7-10), recordou do compromisso com a missão, não devendo buscar elogios pelo que se pratica.


Dia 12 – NOVENA E CRISMA NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM ITAPETINGA

Na noite deste domingo, dia 12, Dom Luís Pepeu, presidiu a 3ª noite da novena em preparação à festa da padroeira da Paróquia Nossa Senhora das Graças em Itapetinga. Na ocasião o Arcebispo conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo em cerca de 110 crismandos entre jovens e adultos. A Celebração contou com a presença do Diácono Nailson Gonçalves, dos seminaristas propedeutas, catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos. O Metropolita dirigindo-se aos crismandos afirmou: “cada um é chamado a ser testemunha de Deus e sinal vivo do seu amor, da sua justiça e da sua paz”; assegurou ainda que “já tendo sido batizados, os crismandos, irão receber a força do Espírito”; também recordou as palavras do Apóstolo Paulo: “difundir, por toda a parte, o bom odor de Cristo”. Dom Luís concluiu falando sobre do discernimento vocacional. Ao término da Missa, o Metropolita parabenizou os presentes pela Novena e Festa da Padroeira. Também saudou aos novos crismados, como novos discípulos missionários de Jesus Cristo.


Dias 10 a 12 - ARQUIDIOCESE DE VITÓRIA DA CONQUISTA REALIZA ASSEMBLEIA ARQUIDIOCESANA DE PASTORAL

A Arquidiocese de Conquista, sob o pastoreio de Dom Luís Pepeu, celebrou entre os dias 10 a 12 de novembro sua VI Assembleia Arquidiocesana de Pastoral com o objetivo de avaliar sua caminhada evangelizadora nos últimos dois anos. O encontro aconteceu na sede do Movimento Familiar Cristão (MFC), e reuniu cerca de 160 participantes. Além dos Presbíteros, Diáconos Permanentes e Transitórios, estavam presentes representantes das diversas comunidades religiosas, membros do Conselho Pastoral Arquidiocesano, dois representantes de cada Paróquia, representantes do Seminário Arquidiocesano, do curso de Filosofia e do curso de Teologia, representante do curso de Teologia para Leigos, catequistas e outros convidados segundo os critérios do Regimento da Assembleia Pastoral Arquidiocesana.

Tendo iniciado com o credenciamento, jantar e Oração de Abertura, por volta das 19:30h do dia 13, teve início a solenidade de abertura da 6ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral. Em prosseguimento, foi feita a composição da mesa, as palavras de boas-vindas do Arcebispo e a apresentação da pauta. Nas palavras iniciais, Dom Luís ressaltou a importância da Assembleia Arquidiocesana como espaço de comunhão eclesial e de planejamento pastoral, constituindo-se, de fato, um dos momentos fortes na vida da Igreja Particular. Destacou também o esforço constante por uma Pastoral de Conjunto ou Orgânica, buscando pistas que nos leve a ser Igreja comunhão-participação. Dom Luís expressou o desejo de que todos, juntos, pudéssemos fazer uma profunda experiência de comunhão e de vida fraterna na fração do pão e oração, não nos esquecendo que uma Igreja reunida em Assembleia deve ser, de fato, uma Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa. O Metropolita apresentou o assessor para um estudo do Documento 107 da CNBB, o Pe. Jânisson de Sá Santos.


Após a abertura da Assembleia, foi realizado um painel sobre a realidade em que a Arquidiocese está caminhando a partir das cinco urgências apontadas nas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Arquidiocese (2016-2019): O Pe. Irineu Meira, assistente do COMIDI, apresentou sobre os aspectos referentes a “Igreja em estado permanente de missão”; o Pe. Carlos Barbosa (Bebeto), assessor da CEB’s Arquidiocesana, tratou sobre a “Igreja: comunidade de comunidades”; o Pe. Frenilson da Conceição, referencial para a dimensão bíblico-catequética abordou sobre a “Igreja: casa da iniciação à vida cristã” e “Igreja: lugar de animação bíblica da vida pastoral”; por fim a Srª. Regina Dantes, representando as Pastorais Sociais, recordou sobre o caminho trilhado em vista da “Igreja a serviço da vida plena para todos. O momento foi concluído com as considerações do Diác. Luciano Santana, Coordenador Arquidiocesano de Pastoral. E, por fim, a oração final, presidida pelo Arcebispo.

A manhã do sábado, dia 11, iniciou com a Oração Matutina, seguindo de uma apresentação sobre a realidade dos Vicariatos a partir das cinco urgências, coordenada pela Irmã Conceição Cantão, VCR. Os vigários regionais apresentaram as sínteses de seus Vicariatos: Pe. Gerson, Vicariato São Lucas; Pe. Alexandre, Vicariato São Mateus; Pe. Ariosvaldo, Vicariato São Marcos; e Pe. Rosenildo, Vicariato São João. A assembleia teve a oportunidade de apresentar algumas reações e acréscimos. Por fim, o Arcebispo Metropolitano expôs alguns pontos.

Por volta das 10h, o Pe. Jânisson iniciou a conferência sobre o objetivo central da assembleia: “Iniciação à Vida Cristã: itinerário para formar discípulos missionários”. O reverendo padre apresentou o caminho realizado para se chegar ao documento, o diversificado e desafiador ambiente sócio-cultural, a revisita às fontes, os valiosos documentos da Igreja que tratam sobre o tema. Apresentou ainda as propostas de caminho e as urgências necessárias, além do “espírito catecumenal” e a metodologia de inspiração catecumenal.

As atividades vespertinas iniciaram as 14:30h com um Momento de Oração, e prosseguiu com a continuação do tema. O assessor apresentou o capítulo III do Documento 107 da CNBB, que versa sobre o “discernir como Igreja: iluminar”, a Iniciação a Vida Cristã como anúncio; a corresponsabilidade de todos pela Iniciação à Vida Cristã, e buscou brevemente aprofundar as dimensões da Iniciação à Vida Cristã: cristológica, trinitária. Concluída a apresentação do Pe. Jânisson, passou-se à formação dos grupos para discussão e indicação de novas propostas. Antes da Plenária, para apresentar o feedback dos grupos, foi acolhido o Conselheiro Geral da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, Frei Sérgio Dalmoro, em visita fraterno-pastoral a fraternidade dos Capuchinhos em Vitória da Conquista. O acompanhava o Frei Liomar Pereira, Ministro Provincial da Província Nossa Senhora da Piedade (Bahia e Sergipe). Em seguida, sob a coordenação do Pe. Jânisson, houve a apresentação do trabalho oriundo dos grupos. As atividades do sábado foram concluídas por um Momento Mariano.


 

O domingo iniciou com a Celebração Eucarística, do XXXII Domingo do Tempo Comum, ponto alto da Assembleia. Após o café da manhã, os trabalhos continuaram com os informes sobre a caminhada arquidiocesana: o Diác. Luciano, coordenador de Pastoral Arquidiocesano, falou sobre o Ano do Lacaito. O Pe. Frenilson, reitor do Propedêutico, apresentou as propostas da Pastoral Vocacional e do SAV (Serviço de Animação Vocacional). Ainda neste âmbito o Pe. Nilson (reitor da Teologia em BH), apresentou a caminhada da comunidade de formação residente em BH. E o Pe. Irineu (reitor da Filosofia), falou sobre a importância da OVS (Obra das Vocações Sacerdotais). O Pe. Zenilton, referencial do Setor Juventude, falou sobre a Pastoral Juvenil, e convidou os representantes dos vários segmentos juvenis a apresentar um breve resumo de suas atividades. Por fim o reverendo padre tratou sobre a Câmara Eclesiástica, por ser ele o Juiz Auditor.


Após este momento, houve a reunião por Vicariatos para organizar algumas ações para o Ano do Laicato: Estudo da Campanha da Fraternidade e sua abertura; Seminário sobre o Ano do Laicato, ambos eventos a nível de Vicariato; em comunhão com o Ano da Família, a celebração da Semana da Família em toda a Arquidiocese, nas paróquias e o Dia Mundial dos Pobres.


O Arcebispo, em suas palavras finais, falou dos momentos fortes de trabalho, estudo e reflexões, vividos na oração e comunhão nestes dias especiais de Assembleia. No final, Dom Luís dirigiu palavras de agradecimentos a todos os participantes e aos que colaboraram diretamente com os estudos e reflexões pela disponibilidade e colaboração, pelo acolhimento, pela doação e entrega. O desejo do Arcebispo é de intensificar as cinco urgências assumidas na última Assembleia Arquidiocesana, que podem ser compreendidas como: missão permanente, iniciação a vida cristã, animação bíblica, comunidade de comunidades e serviço à vida. A VI Assembleia Arquidiocesana de Pastoral foi encerrada com a Celebração de Envio, presidida pelo Metropolita.

 

Dias 08 a 10 – REGIONAL NORDESTE-3 PROMOVE ENCONTRO PARA ECÔNOMOS, ASSESSORES JURÍDICOS E ADMINISTRATIVOS

O Regional Nordeste-3 da CNBB (Bahia e Sergipe), em espírito de colaboração e apoio às Igrejas Particulares que o compõem, promoveu um Encontro para ecônomos, assessores jurídicos e administrativos das Dioceses. O evento aconteceu no Centro de Treinamento de Líderes (CTL), em Salvador, entre os dias 08 e 10. O encontro contou com a assessoria do Dr. Hugo José Sarubbi Cysneiros Oliveira (assessor jurídico-civil da CNBB) e do Mons. Nereudo Freire Henrique (ecônomo da CNBB). A Arquidiocese de Vitória da Conquista foi representada pela Srta. Simara (auxiliar administrativa), Dr. Ruy (assessor jurídico) e Sr. Júnior (contador). O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, também participou do evento.


Dia 9 – MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS PELOS 177 ANOS DE VITÓRIA DA CONQUISTA

Na manhã desta quinta-feira, dia 9, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora das Vitórias foi celebrada a Santa Missa em Ação de Graças pelos 177 do município de Vitória da Conquista. A Eucaristia foi presidida pelo Pe. Antonio Gonçalves, e contou com a presença dos Diáconos Nailson Gonçalves e Técio Andrade, além de autoridades do poder legislativo e executivo do município. Em sua homilia, o reverendo padre recordou que “Celebrar em Ação de Graças é reconhecer que fomos agraciados pela bondade de Deus e hoje de modo especial queremos agradecê-lo pelo aniversário de nossa querida cidade ‘joia do sertão baiano’. E em conformidade com essa solenidade, nossa Igreja hoje celebra a Festa da dedicação da Basílica do Latrão, situada em Roma, é a Catedral do Papa e mãe de todas as igrejas espalhadas pelo mundo”. Referindo-se à primeira leitura proclamada, assegurou: “o profeta Ezequiel percebe que a rota das águas é marcada pela vida. É portanto, mensageira de vida do Deus da vida que habita no meio do seu povo. Por meio dessa simbologia, Ezequiel anuncia vida, felicidade, abundância e fecundidade. É a ação de Deus em favor do seu povo.”


Dias 06 a 08 – DOM LUÍS PARTICIPA DA REUNIÃO DO CONSELHO EPISCOPAL DO REGIONAL NORDESTE 3

Entre os dias 06 e 08, no Centro de Treinamento de Líderes (CTL), em Salvador, os bispos do Regional Nordeste 3 da CNBB (Bahia e Sergipe), se encontraram para a Reunião Ordinária do Conselho Episcopal Regional (CONSER NE -3). Entre os principais assuntos tratados, destacou-se o Ano do Laicato, que será aberto no próximo dia 26 de novembro e tem como tema: “Cristãos Leigos e Leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”. O Conselho também discutiu a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter o acordo entre o Brasil e a Santa Sé no que diz respeito ao ensino religioso nas escolas públicas. Foram eleitos ou reeleitos os representantes das Comissões Episcopais.

 

Dia 05 – CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS NA CATEDRAL

Na noite deste domingo (5), às 19h, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Solenidade de Todos os Santos na Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias, que estava repleta de fiéis. A Celebração contou ainda com a presença do Diácono Permanente Luciano e do Diácono Transitório Técio. Em sua homilia, refletindo sobre os Textos Sagrados desta Solenidade, o Metropolita recordou que “para chegar à santidade plena no céu há um caminho. E que este é apresentado pelo Evangelho de hoje (Mt 5,1-12) que nos apresenta as bem aventuranças como um programa de vida para se chegar a santidade”. Dom Luís enfatizou: “os santos pensam no Céu, mas se preocupam, antes de tudo, com as coisas deste mundo e com as questões humanas. Ser santo, portanto, não é ter medo de viver, não é fugir do mundo e das realidade do dia a dia”.


Dia 4 – CRISMA EM IBICUÍ

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na noite deste sábado, a Paróquia São Pedro em Ibicuí. Na ocasião conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo de mais de 40 crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Edmilson, e pelo Vigário do Vicariato São Marcos, Pe. Ariosvaldo. A celebração contou com a presença dos Diáconos Transitórios, Nailson e Técio, catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos. Tomando os Textos Bíblicos próprios para o Sacramento da Confirmação, inspirado pelo relato do profeta Isaías, o Metropolita dirigindo-se aos crismandos afirmou: “cada um é chamado a ser testemunha de Deus e sinal vivo do seu amor, da sua justiça e da sua paz”; assegurou ainda que “já tendo sido batizados, os crismandos, irão receber a força do Espírito”; também recordou as palavras do Apóstolo Paulo: “difundir, por toda a parte, o bom odor de Cristo”. Dom Luís concluiu falando sobre do discernimento vocacional.

 

Dia 3 – FALECIMENTO DO PE. ARNALDO

Faleceu na manhã deste dia 3, sexta-feira, o Pe. Arnaldo Lima Dias, aos 72 anos, no Hospital São Rafael, em Salvador. Pe. Arnaldo nasceu em Mairi, mas foi criado em Vitória da Conquista. Foi ordenado por Dom Climério Andrade em 1º de maio de 1973. Incardinou-se posteriormente na Arquidiocese de Salvador. Fez mestrado em Liturgia em Roma entre 1982-84 e em 1985 fez estágio na Guiné equatorial. Foi professor de Liturgia da UCSal até 2010 quando então incardinou-se na Arquidiocese de Feira de Santana, servindo na direção espiritual do Seminário Maior Santana Mestra. O velório acontecerá no referido Seminário em Feira de Santana. A Missa com Encomendação será amanhã, (04), às 9h, presidida pelo Arcebispo de Feira de Santana, Dom Zanoni Demettino, seguida de sepultamento no cemitério Jardim Celestial às 10h.


Dia 2 – COMEMORAÇÃO DOS FIÉIS DEFUNTOS EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Os principais cemitérios de Vitória da Conquista tiveram Missas nesta quinta-feira (2), dia de finados. Centenas de pessoas foram ao cemitério para rezar pelos seus entes queridos. O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, celebrou pela manhã e à tarde, a Santa Missa no Cemitério da Saudade em Vitória da Conquista, e Comunidade São José, da Paróquia Rainha da Paz. Em uma de sua homilia, o Metropolita ressaltou que hoje “comemoramos todos os fiéis defuntos, os nossos falecidos, aqueles que estiveram conosco e hoje estão na eternidade, os finados, aqueles que chegaram ao fim da vida terrena e já começaram a vida eterna”. Recordando o pensamento de São Francisco de Assis, que encarava a morte com espírito de fé e esperança, Dom Luís citou um fragmento do Cântico do Sol: “Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a morte corporal, da qual nenhum homem pode escapar. Ai daqueles que morrem em pecado mortal! Felizes dos que a morte encontra conformes à vossa santíssima vontade!

Cemitério da Saudade

Comunidade São José


Dia 1º – DOM LUÍS PEPEU PRESIDE NOVENA DE SANTA RITA E TODOS OS SANTOS EM POÇÕES

A Comunidade Santa Rita de Cássia e Todos os Santos, que faz parte da Paróquia Divino Espirito Santo em Poções, iniciou a festa de sua padroeira dia 27 de outubro e vai até o dia 5 de novembro, refletindo o tema: “Família, o Pai chama-nos à missão. Sigamos o exemplo de Santa Rita”. A 6ª noite dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que refletiu o subtema: “Que sejamos verdadeiras igrejas domésticas”. Concelebrou a Eucaristia o Pe. Ariosvaldo, Pároco e Vigário do Vicariato São Marcos. Acompanharam o arcebispo, os Diáconos Transitórios, Nailson e Técio, a Celebração contou ainda com a presença dos Diáconos Permanentes João Cambuí e Manuel Elias, além das Religiosas Medianeiras da Paz. O Arcebispo enfatizou que “a festa da padroeira nos convida a voltar o coração para o exemplo de Santa Rita e dos Santos”. Por fim, o Metropolita parabenizou pela conclusão da reforma da capela e animou a todos a crescerem sempre mais na vivência cristã.

 
OUTUBRO de 2017 Imprimir E-mail

Outubro - MÊS MISSIONÁRIO

 

Dias de 26 a 29 –VISITA PASTORAL EM CAETANOS

Na tarde desta quinta-feira, dia 26, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, acompanhado pelo Diác. Nailson e o Seminarista Lucas, foi acolhido na igreja matriz da Paróquia Santo Antonio de Pádua em Caetanos pelo Pároco e um grupo de fiéis. Após breve momento de oração na Capela do Santíssimo Sacramento, o arcebispo seguiu para o presbitério, onde o Pároco, Pe. Noel Soares, dirigiu uma afetuosa palavra de acolhida ao Sr. Arcebispo. Dom Luís saudou o Pároco e acolheu os membros e representantes dos Movimentos ali representados recordando a importância e o significado da Visita Pastoral. O Metropolita finalizou a abertura oficial da Visita Pastoral, invocando as bênçãos de Deus sobre os presentes. Dom Luís já havia antecipado a visita a algumas comunidades rurais nos dias 4 e 5 de junho, quando visitou a Paróquia por ocasião da Novena do padroeiro.


Na tarde desta quinta-feira foram visitadas as comunidades:

Comunidade São Roque em Barra do Mel;


e Comunidade Santa Ana na região do Jacaré, onde presidiu a Santa Missa.


Continuando as visitas, na manhã da sexta-feira, o Arcebispo visitou as comunidades:

Comunidade São Francisco na região de Cágados;


Comunidade São Gabriel na região do Gabriel, as atividades da manhã foram concluídas com a Missa;


 


A tarde foram visitadas as comunidades:

Comunidade Nossa Senhora Aparecida em Curralinho;


Comunidade Nossa Senhora Aparecida na região da Serra;


Comunidade Santa Rita em Riachão da Vargem;


e Comunidade São Gonçalo no distrito do Alegre, encerrando o dia com a Santa Missa.


Na manhã desse sábado, dia 28, Dom Luís conheceu as Comunidades:

Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro na região da Lagoa Grande;


Comunidade Nossa Senhora do Rosário no Buqueirão;


Comunidade São José em Lagoa das Pedras;


O período da tarde, prosseguiu com as visitas as Comunidades:

Comunidade Bom Jesus em Fundão;

Comunidade Sagrado Coração de Jesus na região de Aldeia;


Comunidade Nossa Senhora Aparecida em Serra Verde;


Comunidade São Sebastião na região da Boa Esperança;


e Comunidade Nossa Senhora das Graças no distrito do Caldeirão, onde presidiu a Eucaristia.


As atividades da Visita Pastoral na manhã do domingo, dia 29, iniciaram na igreja matriz. Onde foi realizado um encontro com as lideranças dos diversos seguimentos paroquiais e das comunidades.


Esse momento foi seguido de encontros específicos:

Encontro com Conselho Pastoral Paroquial e Conselho Econômico Paroquial
com Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano;


Houve encontro com os jovens orientado pelo Diác. Nailson Gonçalves;


Encontro dos catequistas com o Seminarista Lucas Conceição;


E encontro com as lideranças de comunidades e movimentos
com o Diác. Luciano Santana, Coordenador Arquidiocesano de Pastoral.


Ainda pela manhã, o Metropolita visitou alguns enfermos e o Cemitério local, onde dirigiu uma oração pelos fiéis falecidos.


Por volta das 18h Dom Luís Pepeu, foi acolhido novamente na igreja matriz, para a Santa Missa de encerramento da Visita Pastoral. Grande número de fiéis participaram deste momento. Concelebrou a Eucaristia o pároco, Pe. Noel Soares. A celebração contou com a presença do Diácono Permanente Luciano Santana e do Diácono Transitório Nailson Gonçalves, além de muitas representações das comunidades por onde o Arcebispo tinha passado. Em suas palavras de agradecimento, Dom Luís ressaltou que “a Visita Pastoral constitui-se num momento privilegiado de contato do Arcebispo com o Povo de Deus, confiado aos seus cuidados de pastor, com a preciosa colaboração do Pároco. Quer ser também um momento forte de evangelização e animação missionária”. Ao término da Celebração foram feitas homenagens ao Arcebispo.



Dia 25 – PAPA FRANCISCO NOMEIA NOVOS BISPOS DE PROPRIÁ E GUARABIRA

Na manhã desta quarta-feira, dia 25, a Diocese de Propriá em Sergipe ganhou um novo bispo. O Papa Francisco nomeou o Padre Vitor Agnaldo de Menezes, do clero da Diocese de Jequié, sucedendo a Dom Mario Rino Sivieri, que atingiu a idade canônica de 75 anos, e ocupava esta missão há 20 anos. A notícia foi dada pelo Bispo Diocesano de Jequié, Dom José Ruy Lopes, em coletiva à imprensa local. O cerimônia de anúncio da nomeação de Mons. Vitor contou com a presença do Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, do Bispo Emérito de Jequié, Dom Cristiano Jacob Krapf, além de padres, religiosas, diáconos e fiéis. Entre as funções já exercidas por Mons. Vitor estão a de pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Jequié; reitor do Seminário Maior Diocesano; diretor Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, de 2006 a 2010; pároco da Paróquia Catedral Santo Antônio, em Jequié, de 2011 a 2016 e atualmente, pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças em Maracás. A Ordenação Episcopal está marcada para o dia 6 de janeiro de 2018, em frente à Igreja Catedral de Jequié, às 16h, e sua Posse em Propriá no dia 3 de fevereiro de 2018. A Arquidiocese de Vitória da Conquista se congratula com este irmão e lhe deseja um fecundo ministério.


Também neste mês, no dia4, houve a nomeação do novo bispo para a diocese de Guarabira, no estado da Paraíba. O Pe. Aldemiro Sena dos Santos, atualmente pároco da Catedral de Ilhéus. Como presbítero, exerceu, entre os anos de 1993 a 1996, a função de reitor do Seminário Menor São Domingos Sávio, em Ilhéus. Paralelo a esta experiência, também foi pároco da Paróquia Nossa Senhora da Escada, em Olivença, Ilhéus. De 1996 a 1998, exerceu o ministério na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Barro Preto, Ilhéus. Entre os anos de 1998 a 2007, o sacerdote foi pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Ilhéus, concomitamente era coordenador do Centro de Treinamento de Líderes Santa Cruz, na mesma cidade. Em 2006, foi eleito representante do clero diocesano, cargo que ocupou até o ano de 2014. Em 2007, foi nomeado pároco da Paróquia São Francisco de Assis, em Ilhéus. De 2013 a 2014, Pe. Miro, como é conhecido, exerceu a função de presidente dos presbíteros do regional Nordeste III da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Desde 2015, é pároco da Paróquia São Jorge e Catedral de São Sebastião, em Ilhéus. Também é ecônomo da diocese e presidente da Sociedade São Vicente de Paulo, que inclui o abrigo para idosos. O Mons. Miro será Ordenado Bispo no próximo dia 17 de dezembro, na Igreja Catedral de Ilhéus, às 10h, e sua Posse na Diocese de Guarabira no dia 2 de fevereiro de 2018. A Arquidiocese de Vitória da Conquista se congratula com este irmão e lhe deseja um fecundo ministério.

 

Dias 16 e 17 – AVALIAÇÃO ANUAL DA MISSÃO PASTORAL DO CLERO

Nestes dias 16 e 17 de outubro (terça-feira e quarta-feira), sob a presidência do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, aconteceu a avaliação anual da ação pastoral do Clero da Arquidiocese de Vitória da Conquista. O encontro teve início às 7 horas da terça-feira, estendendo-se até o fim da tarde do dia seguinte, quarta-feira. Foi realizado no Vocacionário Nossa Senhora Aparecida, contando com a presença de todos os padres e diáconos da Arquidiocese. O encontro foi marcado pela Oração da Liturgia das Horas, Celebração Eucarística, e a convivência fraterna. O Arcebispo realizou a abertura oficial dos trabalhos da Avaliação do Clero e convidou o Exmo. Sr. Bispo Diocesano de Jequié, Dom José Ruy Lopes, para proferir um aprofundamento sobre o Sacramento da Reconciliação, na manhã da terça-feira. No período vespertino, o Arcebispo Metropolitano, aprofundou alguns aspectos do Sacramento e iniciou uma avaliação das Atividades Pastorais, por Vicariato. O dia foi encerrado com a Celebração Eucarística, da memória de Santo Inácio de Antioquia, que contou com a presença da comunidade paroquial. As atividades do segundo dia de Avaliação, iniciaram com a Santa Missa, na festividade de São Lucas. Houve um momento de partilha nos Vicariatos. Seguiu-se um trabalho de grupo, por faixa etária: padres de até 10 anos de ministério, de 11 a 20 anos, e acima dos 21 anos, além do grupo dos diáconos permanentes, para uma avaliação dos aspectos comunitários, espiritual e humano-afetivo. O período da tarde foi marcado pela partilha das experiências avaliadas na parte da manhã e prosseguiu-se com alguns informes e encaminhamentos. O Encontro foi encerrado com a oração do “Angelus” pelo Arcebispo Dom Luís Pepeu.

Abertura

Conferência de Dom Ruy sobre o Sacramento da Reconciliação

Celebração Eucarística na noite de terça-feira (Memória de Santo Inácio de Antioquia)

Celebração Eucarística na manhã de quarta-feira (Festa de São Lucas Evangelista)


 

Dia 15 – CONGRESSO LEGIONÁRIO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Aconteceu neste domingo, dia 15, o Congresso Legionário promovido pela Régia Humillima da Legião de Maria, no Ginásio de Esportes Raul Ferraz, em Vitória da Conquista. Este ano o Congresso teve por tema: “Fazei tudo o que ele vos disser”. O evento acolheu legionários dos diversos Praesidium, Cúria, Comitium espalhados por toda a Arquidiocese de Vitória da Conquista, além de alguns representante da Diocese de Livramento de Nossa Senhora. A programação contou com momentos de oração, palestras, reza do Santo Terço, Catena Legionis, Ofício da Imaculada Conceição. O dia foi encerrado com a Santa Missa presidida pelo Diretor Espiritual da Legião de Maria na Arquidiocese, o Pe. Alessandro Alves Cardoso, representante do Senhor Arcebispo Metropolitano. A Celebração contou ainda com a presença de diáconos e religiosas, além de centenas de membros desta singular associação.


Dia 12 – ARCEBISPO CELEBRA SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Na tarde deste dia 12, uma multidão de fiéis se dirigiram ao Ginásio de Esportes Raul Ferraz, onde foi celebrada a Solenidade de Nossa Senhora Aparecida. A Santa Missa foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, e concelebrada pelos Padres Vocacionistas, responsáveis pela Paróquia, e outros sacerdotes do Vicariato São Lucas. A celebração contou ainda com a presença do Ministro Provincial dos Vocacionistas no Brasil, Pe. José Carlos Lima, além de diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas, vocacionados e uma multidão de fiéis que lotaram o Ginásio. O Metropolita acolheu a todos recordando os 300 anos de bênção e devoção, bem como a unidade entre a Igreja Particular de Vitória da Conquista e a Igreja no Brasil. Os festejos em honra a padroeira do Brasil, iniciaram no último dia 2, com o Decenário que teve por tema geral: “Com Nossa Senhora Aparecida queremos seguir Jesus, Caminho, Verdade e Vida”. Na homilia, Dom Luís enfatizou: “quem melhor do que Maria poderia ser para nós sinal de esperança? Ela que com o seu ‘sim’ abriu a porta do nosso mundo ao próprio Deus. E como necessitamos de esperança! O Brasil precisa de sua proteção”. Tomando o texto do Santo Evangelho (Jo 2,1-11) o Arcebispo enfatizou: “Hoje Maria também nos pede: ‘Fazei o que ele disser!’ Aqui está um convite singelo, que brota do coração da Mãe. Ela estimula os discípulos e a todos nós hoje, como novos discípulos missionários, a acolher com obediência os ensinamentos de Jesus e levá-los à plena realização”. Após a Celebração Eucarística foi realizada a procissão com a imagem peregrina da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, até à Igreja Matriz.


Dia 12 – DOM LUÍS PRESIDE FESTA DE NOSSA SENHORA APARECIDA EM BATE PÉ

Na manhã desta quinta-feira (12), Dom Luís Pepeu celebrou a Solenidade de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, na Comunidade a ela dedicada no distrito de Bate Pé, que faz parte da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa, em Vitória da Conquista, sob o cuidado pastoral dos Frades Capuchinhos. Concelebrou a Eucaristia o Frei Jesulino, frade responsável por essa região. Acompanhou o Arcebispo, o Diác. Nailson Gonçalves. Na homilia, o Arcebispo, destacou: “com alegria constatamos que a Mãe Aparecida faz parte da nossa história brasileira e do caminho de cada um de nós”. O Metropolita recordou o Jubileu dos 300 anos do encontro da pequenina imagem no Rio Paraíba do Sul, vivenciado por toda Igreja no Brasil e as crianças, neste dia a elas dedicado.


Dia 11 – CRISMA NA COMUNIDADE SÃO SEBASTIÃO


Nesta quarta-feira, dia 11, Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano presidiu a Santa Missa na Comunidade São Sebastião, na área rural da Paróquia Nossa Senhora das Candeias. Na oportunidade conferiu o Sacramento da Confirmação a um grupo de crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Alessandro Alves Cardoso. Dom Luís recordou inicialmente que “todo sacramento é sinal presente e transparente da presença de Deus, de seu amor para conosco”. Na homilia, o Metropolita dirigindo-se aos crismandos afirmou: “cada um é chamado a ser testemunha de Deus e sinal vivo do seu amor, da sua justiça e da sua paz”. E acrescentou “já tendo sido batizados, os crismandos, irão receber a força do Espírito”, e nas palavras do Apóstolo Paulo: “difundir, por toda a parte, o bom odor de Cristo”. Dom Luís concluiu falando sobre do discernimento vocacional.


Dia 10 – DOM LUÍS CELEBRA NA COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu nesta terça-feira (10) o novenário em Louvor a Nossa Senhora Aparecida, na Comunidade Aparecida da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antonio de Lisboa, em Vitória da Conquista, confiada aos cuidados pastorais dos Frades Capuchinhos. Acolhendo os presentes, o Metropolita recordou que “hoje é um dia de festa para esta comunidade aqui reunida e para todos que celebram a Mãe de Jesus, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira desta comunidade e do povo brasileiro”. Em sua homilia, Dom Luís recordou um pouco a história do encontro da imagem, meditando o tema da noite: “Senhora Aparecida, das águas aos 300 anos de vitórias”.

 

Dia 10 – REUNIÃO DOS VIGÁRIOS REGIONAIS COM O ARCEBISPO

Na manhã desta terça-feira, dia 10, Dom Luís Pepeu, contando com a presença do Vigário Geral, Mons. Uilton, presidiu a reunião dos Vigários Regionais, a saber: Pe. Ariosvaldo, Vicariato São Marcos; Pe. Gerson, Vicariato São Lucas; Pe. Rosenildo, Vicariato São João. Esta reunião teve a finalidade de refletir e elaborar a programação do Encontro de Avaliação do Clero Arquidiocesano, que acontecerá nos próximos dias 17 e 18, no Vocacionário em Vitória da Conquista.

 

Dias de 06 a 08 –VISITA PASTORAL EM BARRA DO CHOÇA

No início da tarde desta sexta-feira (6), ao hino do Senhor do Bonfim e fogos o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, acompanhado pelo Diác. Técio, foi acolhido na igreja matriz da Paróquia Senhor do Bonfim e Santo Antonio em Barra do Choça por um grupo de fiéis. Após breve momento de oração na Capela do Santíssimo Sacramento, o arcebispo dirigiu-se ao presbitério, onde o Pároco, Pe. Paulo Raimundo, dirigiu uma afetuosa palavra de acolhida ao Sr. Arcebispo, já manifestando as felicitações por ocasião do 16º Aniversário de Ordenação Episcopal, celebrado neste dia. Dom Luís dirigiu a palavra aos presentes, acolhendo os membros e representantes dos Movimentos ali representados e recordou a importância e o significado da Visita Pastoral. O Metropolita finalizou a Abertura oficial da Visita Pastoral, invocando as bênçãos de Deus sobre os presentes. Dom Luís já havia antecipado a visita a algumas comunidades rurais nos dias 2 e 3 desta semana.


 

Na tarde desta sexta-feira foram visitadas as comunidades:

Comunidade Santa Luzia em Morrinhos;


Comunidade Nossa Senhora da Conceição na região do Canguçu;


Comunidade São João Batista em Salinas 1;


Comunidade Santos Anjos na região da Alegria;


Comunidade Nossa Senhora da Guia em Salinas 2;


 

Continuando as visitas, a noite o Arcebispo visitou as comunidades:

Comunidade Nossa Senhora Aparecida na região de Mucambo;


e Comunidade Nossa Senhora Aparecida no Povoado de Cafezal.


Santa Missa.


Na manhã desse sábado, dia 7, Dom Luís conheceu as Comunidades:

Comunidade Nossa Senhora Aparecida na região do Rio dos Monos;


Comunidade Sant Antônio no Sítio Bonfim;


Comunidade Nossa Senhora Aparecida em Canudos;


Passou pela Comunidade Nossa Senhora Rosa Mística na região de Pescoço de Félix


 

O período da tarde, iniciou com a visita ao Hospital Municipal Dr. José Maria de Guimarães Neto

 

A Comunidade Terapêutica Fazenda Vida e Esperanças, COTEFAVE

 

Além das Comunidades:

Comunidade São Paulo Apóstolo em Muritiba;

Comunidade Divino Espirito Santo na região do Espírito Santo;

e Comunidade Nossa Senhora de Fátima em Coqueiro.


A noite, chegando à cidade, o Arcebispo visitou e presidiu a Santa Missa na Comunidade Santo Expedito no bairro Ouro Verde.


As atividades da Visita Pastoral iniciaram cedo na manhã do domingo, dia 8. Às 7:30h aconteceu a visita e Santa Missa na Comunidade Nossa Senhora das Graças, no bairro Bom Retiro.


Em seguida, Dom Luís se dirigiu para a igreja matriz, onde se encontrou com as lideranças dos diversos seguimentos paroquiais e das comunidades.


Esse momento foi seguido de encontros específicos:

Encontro com Conselho Pastoral Paroquial e Conselho Econômico Paroquial com Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano;


Houve encontro com as crianças da catequese e coroinhas com o Diác. Nailson Gonçalves;


Encontro das catequistas com Elielma França, Coordenadora Arquidiocesana da Catequese;


E encontro com as lideranças de comunidades e movimentos com o Diác. Luciano Santana, Coordenador Arquidiocesano de Pastoral.


Ainda pela manhã, o Metropolita visitou as Comunidades:

Comunidade Santo Antônio em Santo Antônio 1;


Comunidade Sant’Ana em Santo Antônio 2;


e Comunidade Bom Pastor na região de Ingazeira.


As atividades da tarde, deste domingo, iniciaram com visita a alguns enfermos e pessoas com dificuldade de locomoção.


Depois, Dom Luís visitou algumas capelas urbanas:

Comunidade Santa Terezinha no Bairro Cidade Jardim;


Passou pela Comunidade Santo Antônio e Santa Bakita o Bairro Pedro Santino;


e Comunidade Nossa Senhora de Fátima no Bairro Primavera.


Seguiu ainda para algumas comunidades rurais:

Comunidade Nossa Senhora Aparecida em Brejão;


e Comunidade Santa Rita de Cássia na região de Lagoa Verde.


No caminho de volta a cidade, o Arcebispo visitou o Cemitério, onde dirigiu uma oração pelos fiéis falecidos.


Por volta das 18h Dom Luís Pepeu, foi acolhido novamente na igreja matriz, para a Santa Missa de encerramento da Visita Pastoral. Grande número de fiéis participaram deste momento. Concelebrou a Eucaristia o pároco, Pe. Paulo Raimundo. A celebração contou com a presença do Diácono Permanente Luciano Santana e do Diácono Transitório Técio Andrade, além de muitas representações das comunidades por onde o Arcebispo tinha passado. Em suas palavras de agradecimento, Dom Luís ressaltou que “a Visita Pastoral proporciona ao pastor, o arcebispo, estar em meio ao seu rebanho. Como possibilita conhecer melhor aqueles a quem pastoreia. A Visita Pastoral constitui-se num momento privilegiado de contato do Arcebispo com o Povo de Deus, confiado aos seus cuidados de pastor, com a preciosa colaboração do Pároco. Quer ser também um momento forte de evangelização e animação missionária”. Ao termino da Celebração foram feitas homenagens ao Arcebispo, comemorando os 16 anos de Ministério Episcopal.



Dia 4 – ARCEBISPO CRISMA E PRESIDE NOVENA DE NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO EM IGUAÍ

A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Iguaí, celebra a padroeira municipal de 3 a 12 de outubro, refletindo o tema: “Com Maria, 300 anos de bênçãos para o Brasil”, uma referência ao Ano Mariano Nacional. A segunda noite dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. Ele administrou o Sacramento da Crisma a um grande número de jovens e adultos. Concelebrou a Eucaristia o Pe. André Costa, pároco. A celebração contou ainda com a presença do Diác. Técio Andrade, além de inúmeros fiéis, pais, padrinhos e parentes dos crismandos, que superlotaram a igreja matriz. Nesta segunda noite o Metropolita refletiu o subtema: “Maria, primeira cristã”. Destacou que “Maria é a mãe de Jesus. Maria é nossa mãe, ouvinte e praticante da Palavra de Deus”. Dom Luís recordou São Francisco de Assis, cuja memória é celebrada neste dia 4, motivando os jovens a seguirem o exemplo do jovem de Assis, renunciando ao supérfluo e testemunhando a fé em todo o lugar. Por fim, concluiu falando do discernimento vocacional.


Dias 02 e 03 – 1ª ETAPA DA VISITA PASTORAL EM BARRA DO CHOÇA

Nos dias 02 e 03 deste mês missionário, o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, realizou uma 1ª Etapa da Visita Pastoral na Paróquia Senhor do Bonfim e Santo Antônio no município de Barra do Choça. Iniciou-se com visita às Comunidades Rurais da Paróquia. Em cada comunidade que o Arcebispo visitava a alegria de todos era evidente. Após a apresentação feita pelo Pároco, Pe. Paulo Raimundo, Dom Luís rezava com os fiéis presentes, ouvia as lideranças e a todos dirigia uma palavra de ânimo e orientação. Acompanhou o Arcebispo, o Diác. Técio Andrade, além de missionários da paróquia.


Na tarde da segunda, dia 3, o Metropolita teve a oportunidade de conhecer as Comunidades:

Comunidade Nossa Senhora Aparecida no povoado de Boa Vista;


Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz na Região do Sossego; e


A noite visitou o Grupo de Oração na Igreja Matriz.


 

Na manhã dessa terça-feira, dia 4, o Arcebispo conheceu as Comunidades:

Comunidade São José, na região do Gaviãozinho; e


Comunidade Nossa Senhora Aparecida no Barreiro.


 

No período da tarde, Dom Luís visitou as Comunidades:

Comunidade São João Batista no distrito de Barra Nova;


Comunidade Nossa Senhora Aparecida na região da Cabeceira de Água Fria;


Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe, na região do Capão Verde;


Comunidade Nossa Senhora Aparecida, na região do Capão Verde; e


Comunidade Nossa Senhora do Livramento em Cavada 1.


DIA 1º – DOM LUÍS PRESIDE ABERTURA DO TRÍDUO DE SÃO FRANCISCO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, visitou no fim da tarde deste domingo, dia 1º, a Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antonio de Lisboa, em Vitória da Conquista, confiada aos cuidados pastorais dos Frades Capuchinhos. Na ocasião presidiu a abertura do Tríduo em louvor a São Francisco de Assis, o Pai Seráfico da Ordem Capuchinha. A celebração contou com a presença dos Diáconos Ivanderlei e Técio. Um grande número de fiéis acorreram à igreja matriz para este momento especial, que coincidiu com a chegada da Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida. Servindo-se dos textos bíblicos da Liturgia deste dia, Dom Luís, enfatizou: “O ‘sim’ que Deus nos pede não é uma declaração teórica, ou seja, de boas intenções, sem implicações. Mas um compromisso firme, decidido, coerente, sério e exigente com o Reino, com os seus valores, com o seguimento de Jesus Cristo”, por fim recordou: “Estamos iniciando o mês missionário, quando somos chamados também a refletir sobre o nosso ‘sim’, a nossa missão como novos discípulos missionários, como fizeram Santa Terezinha, cuja memória hoje celebramos, e São Francisco; sem esquecer Maria, primeira cristã e missionária”.

 
SETEMBRO de 2017 Imprimir E-mail


Dias 29-1º ASSEMBLEIA DA SUB-REGIÃO PASTORAL 4 DA CNBB NE3


Teve início nessa sexta-feira (29) a Assembleia da Sub-Região Pastoral 4 da CNBB NE3, formada pela Arquidiocese de Vitória da Conquista e as Dioceses de Caetité, Jequié e Livramento de Nossa Senhora. O encontro aconteceu no Centro Diocesano de Livramento, contando com a participação de Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, Dom Armando, Bispo de Livramento, Dom Ruy, Bispo de Jequié e presidente da Sub-Região Pastoral, e Dom Carvalho, Bispo de Caetité. O encontro também contou com a presença de padres, religiosos e religiosas, bem como leigos atuantes nas pastorais dessas Igrejas Particulares. A Assembleia refletiu sobre a Iniciação Cristã, e segue até o domingo (1º/10).


Dias 27-29 ENCONTRO PARA ANIMADORES VOCACIONAIS EM VITÓRIA DA CONQUISTA


Aconteceu entre os dias 27 a 29 de setembro o encontro para animadores Vocacionais. Teve como objetivo refletir a natureza, os desafios, conquistas e propostas do serviço de animação vocacional (SAV). O evento contou com a presença de alguns representantes religiosos das dioceses de Livramento e Caetité, além da grande presença dos representantes de Vitória da Conquista. O tema que direcionou o encontro foi "Animação Vocacional: fundamentos, pressupostos, metodologia e objetivos". Teve como assessor o Pe. Jaldemir Vitório, SJ - professor da faculdade Jesuíta – FAJE em BH. Na tarde da quinta-feira, dia 28, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, fez uma visita e saudação aos presentes, motivando-os no empenho em favor das vocações.


Dia 28 – DOM LUÍS PRESIDE NOVENA NO POVOADO DA ESTIVA

A Comunidade Nossa Senhora das Dores, na região da Estiva, que faz parte da Paróquia Nossa Senhora das Candeias, em Vitória da Conquista, celebra desde o dia 22 até o próximo dia 1º de setembro a sua padroeira. A 6ª noite do novenário contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Alessandro Cardoso. Nesta noite o tema meditado foi: “Maria, sacrário vivo do Altíssimo”. Em sua homilia, o Arcebispo ligando o tema com as leituras do dia destacou a importância de ser templo de Deus, não só o cuidado com o templo exterior, como anunciado na profecia de Ageu, mas também o cuidado com o templo que é cada pessoa, assim como Maria foi o sacrário vivo que acolheu Jesus. Dom Luís, ainda ressaltou que no caminho da fé o importante é crer em Jesus, e não apenas ver, como desejava Herodes.


Dia 28 – ARQUIDIOCESE CELEBRA 9 ANOS DO MINISTÉRIO DE DOM LUÍS PEPEU


Nesta quinta-feira (28), a Arquidiocese de Vitória da Conquista celebra os 9 anos do Ministério Episcopal do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Gonzaga Silva Pepeu em terras conquistenses. Para marcar esta data, o Metropolita presidiu pela manhã, a Santa Missa na igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias. A celebração contou com a presença do Diác. Nailson Gonçalves e das Monjas da Ordem da Anunciação, Ir. Olímpia e Ir. Cândida. Em sua homilia, o Arcebispo destacou a figura do profeta Ageu, “que não se cansou em encorajar a reconstrução do Templo de Jerusalém, lugar onde os israelitas poderiam se encontrar com o Deus da aliança”. Após a Santa Missa, Dom Luís foi cumprimentado pelos presentes, que manifestaram suas felicitações pelo nono ano à frente desta Igreja Particular.

 

Dia 27 – ARCEBISPO PRESIDE MISSA NA PARÓQUIA SÃO MIGUEL ARCANJO


Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, visitou na noite desta quarta-feira, dia 27, a Paróquia São Miguel Arcanjo, em Vitória da Conquista. Na ocasião, presidiu a Santa Missa na igreja matriz. A celebração contou com a presença do Diác. Nailson Gonçalves e das Monjas da Ordem da Anunciação, Ir. Olímpia e Ir. Cândida. Na homilia, Dom Luís, recordou alguns aspectos da biografia de São Vicente de Paulo, cuja memória é hoje festejada. Partindo do Evangelho do dia (Lc 9,1-6) recordou que “os discípulos receberam a ordem de privar-se de coisas até normais, afim de que a única preocupação fosse a missão, pois o Pai providenciará por suas necessidades”. Após a Eucaristia, o Arcebispo cumprimentou os presentes.


 

Dia 25 – DOM LUÍS PRESIDE NOVENA EM LOUVOR A SÃO MIGUEL ARCANJO

A Comunidade São Miguel Arcanjo, na região do Pradoso, que faz parte da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa, em Vitória da Conquista, sob o cuidado dos Frades Capuchinhos, celebra desde o dia 20 até o próximo dia 29 o seu padroeiro. A 6ª noite do novenário contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. Este ano a festa tem como tema: “Refugiados na proteção de São Miguel, com Maria evangelizamos”. Nesta noite o tema meditado foi: “São Miguel, socorro muito certo”. Em sua homilia, o metropolita destacou experiência da devoção de São Francisco de Assis a São Miguel Arcanjo.


Dia 22 – ARCEBISPO FAZ PEREGRINAÇÃO AO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

Retornando dos compromissos na Itália Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, fez uma parada em Portugal a fim de visitar o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, que neste ano jubilar celebra 100 anos das aparições. Na oportunidade rezou por toda a grei confiada aos seus cuidados de pastor. Estiveram também presentes nesta peregrinação Dom Rubival Cabral Britto, Bispo Diocesano de Grajaú, que fora ordenado por Dom Luís em Vitória da Conquista em fevereiro deste ano; Pe. Alessandro Cardoso, Pároco de Candeias, que estava retornando de uma Peregrinação à Terra Santa; e alguns fiéis.


Dia 20 – DOM LUÍS SE ENCONTRA COM O PAPA FRANCISCO EM ROMA

Na última quarta-feira (20), o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu participou da Audiência Geral com Papa Francisco, na Praça São Pedro, no Vaticano. Durante a saudação e diálogo com o Santo Padre, o Metropolita, levou-lhe as orações e abraço de todo o povo de Deus presente nesta Arquidiocese. O Santo Padre concedeu uma bênção estendida a toda a Arquidiocese de Vitória da Conquista, e pediu que rezasse por ele.


Dias 12-15 – ARCEBISPO PARTICIPA DO ENCONTRO MUNDIAL DOS BISPOS CAPUCHINHOS EM ASSIS

Entre os dias 12 a 15, aconteceu em Assis (Itália), cidade histórica conhecida pela figura de São Francisco, o Encontro Mundial dos Bispos Capuchinhos, que de diversas Dioceses do mundo reuniram-se para este propício momento de encontro, reflexão, convivência fraterna e espiritual.  O Encontro teve lugar no Convento "Domus Laeticia", casa dos capuchinhos da Umbria, em Assis. Bispos capuchinhos brasileiros e de outros países participaram do evento, somando neste encontro mais de 50 bispos. Entre os participantes se encontrava o Capuchinho Cardeal Sean O’Malley - Arcebispo de Boston (EUA), conselheiro do Papa no G9. Um dos temas apresentados foi a participação da Igreja Católica em meio ao Islã, abordado por Dom Paul Hinder, OFMCap, Bispo Vigário Apostólico na Arábia Saudita.

Também fez parte da programação uma peregrinação ao Monte Alverne, lugar em que São Francisco se recolhia, para fazer a sua segunda Quaresma, aquela chamada de São Miguel. A finalidade do encontro, além da convivência, celebração e oração, foi a troca de experiências e reflexão (palestras, espiritualidade). O Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, Frei Mauro Jöhri, OFMCap. com o Conselho Geral e outros membros da Cúria Geral, não só promoveram quanto orientaram o evento.


 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL